Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Dedo direito amputado

14 de Julho, 2015

Dedo direito amputado

Fotografia: AFP

Jason Pierre-Paul, defesa do New York Giants, sofreu um acidente com fogos de artifício no  dia quatro (quando foi comemorada a independência dos Estados Unidos) e teve de amputar o dedo indicador da mão direita. Com isso, o clube retirou uma proposta de renovar o seu contrato, por cinco épocas, no valor de 60 milhões de dólares.

Apesar de tudo isso, é possível que JPP tenha condições para voltar a jogar dentro de dois meses. A expectativa é que o jogador fique cerca de seis semanas internado num hospital na Flórida. A amputação visa acelerar o processo de recuperação, segundo os médicos.O futuro de Jason Pierre-Paul ainda é um mistério. Com contrato até ao dia 15, o jogador pode ficar livre para negociar com qualquer equipa. Antes do acidente, JPP era cobiçado pelo Oakland Raiders, que havia feito uma proposta de 16,3 milhões de dólares para tê-lo na próxima época.

Breve
Shattuck é condenada por abuso de menor

Molly Shattuck virou celebridade, nos Estados Unidos, há dez anos, quando se tornou a cheerleader mais velha da NFL a assumir o posto aos 38 anos de idade. Celebrada como modelo a ser seguido na época, hoje está no caminho oposto. Na terça-feira, foi condenada por abuso de menor pela corte de Delaware. Em Novembro, Molly foi acusada de oferecer favores sexuais a um menino de 15 anos, colega de classe de um dos seus filhos.

Dé Andre Johnson agride mulher nos EUA
O jogador de futebol americano, De´Andre Johnson, 19 anos, deu um soco no rosto de uma mulher numa casa nocturna nos Estados Unidos. A Justiça dos EUA emitiu mandado de prisão. Johnson apresentou-se ao Tribunal, mas permanece em liberdade, enquanto o caso é investigado. A confusão ocorreu no bar de uma balada em Tallahassee, na Flórida, no fim de Junho. Contrária à atitude de Johnson, a direcção do Florida State, demitiu o jogador.