Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Escola do Benfica em Angola

Armindo Pereira - 26 de Janeiro, 2013

Famlia da Gerao Benfica Escola de Futebol Caju posa para a posteridade

Fotografia: Domingos Cadncia

Depois da Cidade da Praia, em Cabo-Verde, a escola de futebol do Sport Lisboa e Benfica chegou a Angola. O bairro Benfica, em Luanda, foi o local escolhido para albergar a cerimónia de assinatura da parceria entre o clube português e o colégio Cajú. A instituição desportiva denominada Geração Benfica Escola de Futebol Caju vai albergar crianças dos 6 aos 15 anos e abre o novo projecto de expansão do clube português no continente africano. Representados no acto de assinatura do protocolo por Armando Carneiro, director-geral do Centro de Formação e Treino Caixa Futebol Campos, e Irene Barata, directora do Colégio Caju, as duas instituições prometem trabalhar para o bem do futebol dos dois países.

Irene Barata espera que a Geração Benfica Escola de Futebol Caju possa fornecer atletas de boa qualidade às diferentes categorias da selecção de Angola. Armando Carneiro enfatizou que o projecto é muito importante para o seu clube, porque o aproxima dos milhões de adeptos em Angola, o que constitui um “privilégio”. O dirigente português realçou que o primeiro objectivo da Escola é formar homens e só depois formar jogadores. O projecto, que culminou com a criação da Geração Benfica Escola de Futebol Caju, começou há um ano, aquando da realização, em Luanda, do torneio de juniores, do qual o clube encarnado de Lisboa foi o vencedor. Armando Carneiro revelou que, no final do torneio de juniores, nasceu o pensamento estratégico para a criação da escola que se efectivou na última quinta-feira.A cerimónia de assinatura foi testemunhada por Pedro “Mantorras”, embaixador do clube encarnado de Lisboa para a África.


MUAY THAI NO BRASIL

Jovem morre no treino


 É o segundo caso de morte no estado brasileiro de Belo Horizonte que envolve lutadores de muay thai em dois meses. João Vitor, um adolescente de 15 anos, faleceu na na última quarta-feira, ao participar num treino da modalidade. Segundo o portal R7, testemunhas afirmam que o rapaz teve um mal súbito e desmaiou enquanto lutava numa academia na região de Venda Nova, na capital da Mina Gerais. O jovem chegou a ser socorrido e recebeu os primeiros atendimentos de uma equipa de médica de socorro. João foi levado para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu e faleceu sob a suspeita de que tenha sofrido um AVC (acidente vascular cerebral). É o segundo óbito em dois meses em Belo Horizonte que envolve um praticante amador da arte marcial. Em Dezembro de 2012, Ransley Tiago, de 32 anos, foi nocauteado numa luta clandestina e faleceu após sofrer duas paragens cardíacas. O homem trabalhava como motorista de autocarro e havia começado a praticar muay thai com o filho de 14 anos apenas seis meses antes, segundo relato de Lívia Gomes, a viúva. A Polícia Civil ainda aguarda o relatório do Instituto Médico Legal para anunciar a causa da morte.


NELSON PIQUET

O piloto mais honesto


A campanha de promoção do novo Ford Fusion, protagonizada por Nelson Piquet e Nigel Mansell, continua de vento em popa. O reencontro entre os dois ex-pilotos da Fórmula 1 gerou uma entrevista valiosa que a dupla concedeu ao programa “Linha de Chegada”, do canal SporTV. Piquet continua a ser... Piquet! Perguntado sobre o melhor momento do ano do tri-campeonato, em 1987, Nelson Piquet não titubeou: “Foi quando ele (Mansell) bateu”. O inglês, sentado ao lado, manteve o bom humor: “Esse é o melhor lado da honestidade de Nelson...”. Mas a verdade é que Mansell não guarda mesmo nenhuma boa lembrança do acidente nos treinos para o GP do Japão – um embate que o tirou das últimas duas corridas do ano, entregou de bandeja o título ao rival brasileiro (Piquet) e deixou-o sem os movimentos das pernas durante seis semanas. Piquet também ironizou uma comparação com o também tricampeão mundial Ayrton Senna. Qual dos dois foi o melhor? A resposta de Piquet: “Eu estou vivo!”. Pode parecer insensatez, mas o velho estilo de Piquet é assim mesmo...


WAYNE GRETZKY
Lenda vende mansão  


A lenda viva do hóquei no gelo, o canadiano Wayne Gretzky, apesar de estar aposentado há 14 anos, nunca deixou de ser motivo de interesse da imprensa. Desta vez, porém, o atleta nove vezes eleito melhor jogador da liga norte-americana de hóquei (NHL) recebeu os holofotes da imprensa de negócios dos Estados Unidos. O dono de uma mansão de seis quartos e oito casas de banho na Califórnia, Gretzky, que desenhou o palácio onde vive, resolveu colocar a sua residência à venda. Mas para ficar com a casa, o investidor tem de oferecer 15 milhões de dólares (1,5 mil milhões de kwanzas). Além da mansão, o terreno de 1000m² tem quadra de ténis, piscina, forno a lenha e academia.


ELIJAH THOMAS
Estranha homenagem à avó


Primeiro tempo da partida. O extremo-poste Elijah Thomas, de Prime Prep, marca 15 pontos contra o Urbandale ABCD em partida válida para o campeonato de escolas dos Estados Unidos. Segundo e último tempo. Após erros incríveis, Elijah Thomas mantém a sua pontuação e o Urbandale ABCD vence por 84 a 63. O jogador chegou a falhar uma bandeja fácil. Questionado pelo motivo de tantos erros, o jovem explicou que a partida lhe serviu como forma de homenagear a sua avó, falecida há três anos. E a maneira que Thomas encontrou de prestar as suas condolências foi marcando 15 pontos e só. A partir daí, os erros forçados, sem o conhecimento de companheiros e do treinador, dificultaram a vida de Prime Prep. Segundo o atleta, o seu técnico foi informado do ocorrido após o fim do jogo e considerou a homenagem justa. Tomara que os adeptos da equipa tenham pensado o mesmo


»BREVES


Djokovic vira médico na Austrália

Novak Djokovic está na final do Australian Open. Mas, antes de conquistar a qualificação para seguir em busca pelo tricampeonato do primeiro Grand Slam do ano, o sérvio “trabalhou” como médico na competição. Durante a partida entre as lendas do ténis, o ex-jogador Henri Leconte pediu atendimento médico. Djokovic entrou na quadra para o ajudar. Depois de receber a ajuda do fisioterapeuta da ATP.

Salvio elogiado pela mulher
A mulher do jogador do Benfica não escondeu o orgulho pelo argentino depois do jogo dos encarnados frente ao Moreirense. Salvio marcou o primeiro golo da partida, que levou a equipa da Luz à vitória, por 2-0, e à liderança da Liga. Magali Aravena elogiou o marido e Lima, autor do segundo golo. “AMO-TE meu amor! Golo”, escreveu no momento em que Salvio colocou o Benfica à frente do marcador.