Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Extino preocupa agentes

Hlder Jeremias - 09 de Setembro, 2012

Jos Dinis e Manuel Mucanha no gozam de simpatia junto dos associados provinciais

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os tenistas nacionais estão preocupados com os destinos da modalidade, em virtude da inexistência da Federação, terminado que está o ciclo olímpico 2008/2012. A actual situação, de acordo com agentes da modalidade, é consequência do mau trabalho exercido pela extinta direcção, que não cumpririu a orientação do Ministério da Juventude e Desportos, que determinou a realização das assembleias de renovação de mandatos em todas as federações cujas modalidades não foram apuradas para os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

O ex-vice-presidente da Associação Provincial de ténis de Luanda, João Almeida, defendeu ao Jornal dos Desportos a necessidade do Ministério da Juventude e Desportos tomar medidas para que a situação do ténis regresse à sua normalidade e evitar que o país continue a fazer participações pouco dignificantes nas competições internacionais. “Sempre alertámos que aquela direcção não estava para servir os interesses da modalidade, porque era composta por elementos que não dominam o dossier. Insistiram e arruinaram o ténis.

Estamos num novo ciclo olímpico e ninguém dá qualquer satisfação aos associados, numa altura em que as associações provinciais já renovaram os respectivos mandatos”, disse João Almeida. O Jornal dos Desportos tentou contactar o secretário-geral da extinta Federação, Manuel Mucanha, mas não foi bem sucedido, porque não atende as chamadas telefónicas. O imbróglio vivido entre as duas listas concorrentes no pleito realizado em 2008 continua latente. A lista vencedora nas eleições frustrou os associados, que a querem ver fora dos “courts”.


PASSE LARANJA

Um sorteio para todos


O presidente do clube desportivo Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, Rui Campos, anunciou na sexta-feira, em Luanda, que o sorteio denominado “Passe Laranja” vai chegar às outras províncias do país. Em declarações à imprensa durante a entrega de prémios aos primeiros contemplados do sorteio do mês de Agosto, realizado nesta cidade, disse que a campanha é uma forma de angariar sócios para o clube.

Rui Campos salientou que, sendo o clube campeão nacional no futebol e no basquetebol, o número de adeptos e sócios da agremiação tem vindo a aumentar na província do Kwanza-Sul e em outras houve a necessidade de fazer o registo de todos os associados e das pessoas interessadas em o ser. “A direcção do clube quer que, até 2013, se atinja uma safra de dez mil sócios. Até ao  momento, já tem cadastrados seis mil na vila de Calulo e na cidade de Luanda”, frisou.

O responsável explicou que, no âmbito do projecto, já foi lançado o site do clube (www.recreativolibolo) e que está para breve a abertura da primeira loja de equipamentos do clube em Luanda. Na primeira fase do sorteio foram contemplados com uma viatura o jovem Lourenço Cativa, de 30 anos, (funcionário público), Samuel Miguel (27 anos) uma  motorizada, e o Iphone foi para Silvano António (33 anos). A raspadinha, que custa 300 kwanzas, está à venda no quiosque do clube frente ao hotel Relaxe, em Luanda, e em alguns pontos da capital. Os prémios vão ser entregues no fim de cada mês.


»BREVES


MESUT OZIL
O filho mais novo de Mourinho


Afinal não é só Michael Essien que trata José Mourinho por “papá”. Depois do médio ganês ter confessado na conferência de imprensa de apresentação que se dirige ao treinador português como a um pai, foi a vez do próprio Mourinho revelar que Mesut Ozil também tem a mesma “mania”. “Ozil também me chama assim... não é nada de mais. Se no campo correrem como se eu fosse o pai deles já é bom. É uma brincadeira, um sinal de afecto”, admitiu o técnico dos merengues, em entrevista ao diário espanhol “As”.


EUSÉBIO FERREIRA

Aparatoso acidente em Lisboa


Eusébio sofreu ontem, em Lisboa, uma aparatoso acidente de viação, mas saiu completamente ileso, tendo sido assistido no local, revelou à agência Lusa fonte próxima do antigo jogador. Às 13h15, numa das rampas de acesso ao Centro Comercial Colombo, Eusébio, que seguia sozinho, perdeu o controlo do seu veículo e embateu com estrondo no separador central, tendo colidido posteriormente com outra viatura.

De acordo com a Polícia portuguesa, Eusébio, de 70 anos, sofreu apenas ferimentos ligeiros e foi assistido no local por uma ambulância do INEM. Fonte próxima da velha glória benfiquista contou que o antigo futebolista está em “excelentes condições” e não necessitou de qualquer assistência hospitalar, tendo abandonado o local do acidente acompanhado por familiares.


HALTEROFILISMO

A nova aposta de África


África vai apostar a curto prazo numa estratégia de desenvolvimento de modalidades de interesse colectivo dos africanos e de implementação fácil. De acordo com o presidente do Comité Paralímpico Africano, o angolano Leonel Pinto, o levantamento de peso, goal-ball, voleibol sentado e ténis de mesa podem ser as apostas  imediatas. O também presidente do Comité Paralímpico Angolano disse ser preciso continuar a desenvolver o atletismo, não só na especialidade de velocidade, mas também no lançamento de peso e dardo, fundo, meio-fundo, corridas de triciclo, entre outras. Leonel Pinto defende, uma maior atenção dos governos locais para que as iniciativas de desenvolvimento tenham êxitos. Em Angola pratica-se o atletismo, natação e basquetebol em cadeiras de rodas.


Rooney promove livro
Quinta-feira é lançado o livro “Wayne Rooney my decade in the Premier League” (a minha década na Premier League, em tradução livre) e o avançado britânico, que está afastado dos relvados devido a lesão, aproveita os últimos dias para o promover. Além das inúmeras entrevistas, Rooney utiliza também as redes sociais para divulgar a sua mais recente obra, na qual confessa ter alguma dificuldade em manter o peso, pois diz ter tendência para engordar.


Armstrong impedido da Maratona

O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong, banido e despojado dos títulos conquistados pela agência antidopagem dos Estados Unidos (USADA), vai ser impedido de participar na Maratona de Chicago, anunciou a organização da prova agendada para 7 de Outubro. “A proibição da USADA a Lance Armstrong aplica-se à corrida organizada pela Federação de Atletismo dos Estados Unidos”, justificou.