Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Jogador russo assassinado a tiro

06 de Janeiro, 2015

O atleta defendia a equipa B do clube

Fotografia: AFP

O jogador Gasan Magomedov foi morto a tiros perto da sua casa na região do Cáucaso Norte, na Rússia. O meio-campista de 20 anos, que actuava pelo Anzhi Makhachkala, conduzia o seu carro, quando foi atingido por disparos e morreu em razão dos ferimentos, quando era transportado ao hospital, informa o clube russo em comunicado oficial. O motivo do assassinato ainda é investigado pela polícia local e até agora nenhuma prisão foi feita. O Anzhi lamentou o ocorrido e expressou "as mais profundas condolências" pelo falecimento de Magomedov.

O atleta defendia a equipa B do clube, mas já tinha chegado a jogar pelos profissionais na última época. Especula-se que a morte tenha a ver com a insurgência islâmica no Daguestão, região russa onde está sediado o Anzhi e aconteceu o ataque. Confrontos entre rebeldes e as forças de segurança locais não são novidade. Com altos investimentos, Anzhi chegou a lutar pelo título do Campeonato Russo recentemente, mas caiu demais de produção e desceu para a segunda divisão. O clube, que já contou com estrelas do porte de Samuel Eto’o, actualmente tem dois brasileiros no elenco: o defesa Ewerton e o meio-campista Leonardo.