Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

"Mo de Deus" em aco

16 de Abril, 2015

O canhoto tem 54 anos e 30 anos mais velho que a bela loira.

Fotografia: AFP

Diego Maradona voltou a protagonizar outra acção relevante, depois do golo irregular nos quartos de finais do Campeonato do Mundo de 1986 diante da Inglaterra, no México. Desta vez, está exposta nas redes sociais numa jogada controvérsia. Perece mesmo “eterna”. A “Mão de Deus” de Diego Maradona voltou a atacar fora das quatro linhas.

Se há alguns meses surgiu a foto do astro argentino a tocar as partes íntimas da namorada, Rocío Oliva, numa piscina, agora a publicação de outra imagem comprova que as mãos do craque continuam bastante activas. Desta vez, Maradona e Oliva aparecem sentados num sofá. O ex-“camisa 10” argentino abraça a namorada por trás e apalpa-lhe os seios. O canhoto tem 54 anos e é 30 anos mais velho que a bela loira.

PEDIDO DE PERDÃO
Diego Armando Maradona pediu perdão na última terça-feira, a Santiago Palencia, um menino de 14 anos que agrediu à semana passada, após uma partida beneficente Jogo da Paz, em Bogotá, na Colômbia. Em vídeo postado no site do jornal AS, o astro do futebol pede desculpas ao menor: “Perdão, querido. Com o tumulto de gente que havia, não sabia que era você. Eu vi todas as pessoas a tirarem fotos e quando te vi, te acertei por trás”.

O eterno “camisa 10” argentino autografou uma bola para o jovem com uma dedicatória que dizia “com carinho para Santi” e garantiu-lhe que a partir de agora, toda vez que visitar a Colômbia o vai convidar onde quer que esteja para que joguem futebol juntos. Depois do final da partida disputada no Estádio municipal de Techo, Maradona deu uma volta olímpica no campo para saudar os adeptos, o que degenerou em agressões do ex-jogador contra jornalistas e adeptos que tentavam tirar uma foto.

Além disso, Maradona pontapeou um dos membros de segurança do estádio e empurrou os adeptos que estavam perto, segundo imagens dos vídeos divulgados nas redes sociais. Durante a mensagem ao jovem colombiano, Maradona assegurou-lhe que não quer ver gravado na história como agressão nem como “mais um incidente” e lembrou-lhe que tem duas filhas a quem jamais levantou a mão.