Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Mutombo no "Hall of Fame"

08 de Abril, 2015

“É um grupo de excelência. O seu compromisso com o jogo é inegável e o impacto sobre os outros que eles tiveram é ainda maior.

Fotografia: AFP

O congolês Dikembe Mutombo, oito vezes nomeado para o All-Star da NBA, foi  escolhido para o “Hall of Fame” da era moderna do basquetebol, juntamente com Lisa Leslie, o árbitro Dick Bavetta e o treinador John Calipari. Actualmente com 48 anos, o poste participou em 18 temporadas da NBA, entre 1991 e 2009, durante as quais representou as equipas dos Philadelphia 76'ers, Houston Rockets, Denver Nuggets e Atlanta Hawks, conseguindo, a par de Ben Wallace, o recorde do prémio para melhor defensor do campeonato, com quatro troféus.

Além de Mutombo, no grupo de 2015 está também incluída Lisa Leslie, oito vezes escolhida para o jogo das estrelas femininas e três vezes jogadora mais valiosa da WNBA (Liga norte-americana de basquetebol feminina), detem o recorde de 3.307 ressaltos e o segundo registo no que a blocos diz respeito, com 822. Leslie foi ainda determinante na conquista da medalha de ouro olímpica dos Estados Unidos em quatro edições consecutivas dos Jogos Olímpicos, entre 1996 e 2008.

Também o técnico John Calipari, que em 2015, recebeu pela terceira vez o prémio de melhor treinador do ano, e que está a fazer uma época regular imbatível na liderança de Kentucky, até que foi eliminado nas meias-finais do campeonato universitário, foi escolhido para integrar o restrito lote de quatro personalidades, que ficou completo com o árbitro Dick Bevett, que possui o registo de 2635 jogos consecutivos entre 1975 e 2014. “É um grupo de excelência. O seu compromisso com o jogo é inegável e o impacto sobre os outros que eles tiveram é ainda maior.

Estamos muito satisfeitos por honrar esse notável grupo de homenageados. Representam indivíduos de muitas eras e facetas do basquetebol”, afirmou o presidente do Hall of Fame, Jerry Colangelo. Todos eles receberam pelo menos 18 dos 24 votos do comité de selecção, juntaram-se assim ao lote já anunciado composto por Lindsay Gaze, Louis Dampier, John Issacs, George Raveling e a Tom Heinsohn,  no dia 11 de Setembro.