Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Na malha do doping

03 de Janeiro, 2015

Antigo piloto da Fórmula 1 afirmou que a carreira pode ter chegado ao fim

Fotografia: AFP


A carreira do francês Franck Montagny no automobilismo acabou. O piloto da Andretti na Fórmula E foi apanhado com um derivado de cocaína no exame anti-doping realizado após a prova da Malásia, em Novembro de 2014, está suspenso pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) de maneira preventiva. Montagny aguarda o julgamento da entidade. A informação foi anunciada pelo próprio piloto, que decidiu assumir o erro numa coluna no jornal L'Equipe.

"O automobilismo talvez tenha acabado para mim. Depois da corrida, vi o responsável dos testes a apontar para mim. Ali, na minha cabeça, sabia imediatamente que estava acabado. Cometi um erro, sou culpado”, declarou Montagny.

A piorar a situação, o francês foi responsável por provocar um acidente na corrida nas ruas de Putrajaya, que envolveu o alemão Nick Heidfeld, que reclamou muito após a prova.

“Todos sabemos que Montagny é um pouco maluco, o que normalmente é bom entretenimento e bom show. Mas às vezes, infelizmente, significa que o oponente acaba empurrado para fora e em cima dos pneus, como fui”, reclamou Heidfeld na ocasião.

O piloto francês não disputou a terceira etapa da categoria em Punta del Este, por alegar razões de saúde. Antes do Prix da Malásia, na etapa de Beijing, Montagny ficou em segundo lugar no pódio, atrás apenas do brasileiro Lucas di Grassi.

Na última época, além da F-E, o francês competiu na etapa de Indianápolis da Fórmula Indy pela Andretti, mas teve de abandonar a prova após 47 voltas por causa de um acidente. Aos 36 anos, Montagny também já correu pela Fórmula 1, onde disputou sete Grandes Prémios pela equipa Super Aguri em 2006, após a cassação da super-licença de Yuji Ide. O seu melhor desempenho foi a 16ª posição nas etapas de Mónaco e França. Antes disso, havia ocupado o cargo de piloto de testes da Renault e da Jordan.


ANDY MURRAY
Vestido de Under Armour


O tenista Andy Murray assinou um contrato de quatro épocas no valor de 19 milhões de euros, com a marca de equipamentos desportivos Under Armour. Desde 2009, o britânico é patrocinado pela Adidas e foi com essa marca que alcançou as maiores conquistas na carreira. Em 2012, venceu o Open dos Estados Unidos da América e, em 2013, foi campeão de Wimbledon. Lindsey Vonn, Tom Brady e Stephen Curry são outros dos atletas patrocinados pela Under Armour. O número seis do ranking Mundial começa o novo ano já a ganhar!


BOATENG E MELISSA
Maddox apresentado


A manequim italiana e o futebolista Kevin-Prince Boateng usaram as redes sociais para apresentar o filho de ambos, que nasceu no passado mês de Abril. Esta foi a primeira vez que o casal mostrou o rosto de Maddox Prince. Melissa Satta e o jogador, que actua no Schalke 04, desejaram as Boas-Festas a todos os fãs que os seguem nas redes sociais com a publicação de uma fotografia de família. A imagem teve direito a mais de 70 mil “gostos” e a muitos comentários a elogiar o primeiro filho do casal.