Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Nick Diaz revela que lutou lesionado

02 de Fevereiro, 2015

Nick Diaz revela que lutou lesionado

Fotografia: AFP

Depois de uma luta de cinco rounds contra Anderson Silva, Nick Diaz demorou muito tempo a aparecer na conferência de imprensa. O motivo é que ele teve de levar muitos pontos num corte abaixo do olho esquerdo, resultado dos golpes do brasileiro. Mas não foi essa lesão que pode ter afectado a actuação do norte-americano no último sábado. Nick Diaz revelou que tem uma lesão no braço e, por isso, não tentou tantos socos contra o Spider. "Eu lesionei o meu braço esquerdo antes da luta. Duas semanas antes do combate eu parei de dar socos nos treinos. Isso travou-me muito." Ele não soube explicar exactamente qual é a lesão, mesmo após passar por exames de raios X, mas podem ser lascas de ossos. "Eu talvez até tenha de passar por uma cirurgia, mas por que faria isso se não vou mais socar ninguém?"

Justiça
Agressões físicas e verbais colocam Flamengo nos tribunais

O ano mal começou, mas o Flamengo já começa a dar trabalho nos tribunais. Seja na esfera comum ou desportiva, o rubro-negro promete ser agenda durante a semana na Justiça por conta dos episódios polémicos em que se envolveu nos últimos dias. A primeira medida jurídica deve  partir do próprio clube e tem como alvo a Federação de Futebol do Rio de Janeiro. Após um embate devido aos preços dos ingressos para o Campeonato Carioca de 2015, o presidente Eduardo Bandeira de Mello alegou ter sido agredido verbalmente pelo presidente da entidade, Rubens Lopes. De acordo com o dirigente rubro-negro, uma acção vai ser movida na Justiça Comum para equiparar possíveis prejuízos financeiros e comerciais do Flamengo. Como se não bastasse, ele vai fazer ainda uma de cunho pessoal, por ter se sentido ofendido. No outro lado da moeda, o clube deve ficar na mira do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) devido ao episódio de invasão de adeptos flamenguistas ao balneário do Macaé na partida deste sábado, que culminou na agressão do guarda-redes Ricardo Berna.