Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

O preo da derrota

19 de Maio, 2010

General Miguel Lutonda tapa calvcie aps a derrota

Fotografia: Jornal dos Desportos

No último domingo,"General" Lutonda foi impotente para liderar a companhia no terceiro jogo dos play offs da Taça de Angola. No final, a mão na cabeça denunciou o quanto estava em fim de carreira, pois a claque militar dizia nas bancadas que a armada estava “velha”, a precisar de novos recrutas com urgência.

 A "companhia" do Rio  Seco vestiu-se de melancolia, apesar do cabo-verdiano Mascarenhas ainda passar para a quadra alguma esperança. Quem não se conteve com a humilhação foi um dos adeptos do 1º de Agosto, que provocou uma briga com um fã do Libolo.

Graças à intervenção da Polícia Nacional, o acto não foi consumado e tudo ficou na base do fair play. Luís Magalhães, treinador português ao serviço do 1º de Agosto, aprendeu como se perde um título após duas derrotas consecutivas.

Em 2011, haverá mais Taça de Angola. E a tristeza estampada nos rostos dos jogadores, treinadores e adeptos militares pode ser ultrapassada.

Respeito por Mantorras

Mantorras não está arrependido de ter abandonado o Estádio da Luz antes da última jornada da Liga Sagres que opôs o Sport Lisboa e Benfica diante do Rio Ave.

A revelação foi feita no último domingo à Rádio Cinco, em Benguela, onde participou num jogo de solidariedade entre os amigos de Akwá e amigos de Luís Figo. Depois de ouvir pela TV que não constava entre os 18 para o jogo, ligou à esposa para que lhe fosse buscar e abandonou o Estádio.

A única participação oficial foi num jogo da Taça de Portugal com Jorge Jesus. De cabeça erguida, o futebolista angolano exigiu ao Sport Lisboa e Benfica "mais respeito para com Mantorras".