Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Promessas congeladas

10 de Janeiro, 2015

Ronnie Berlack e Bryce Astle estavam a ser preparados para integrar nos próximos tempos a selecção norte-americana de esqui

Fotografia: AFP

Dois jovens atletas norte-americanos de esqui alpino morreram na última segunda-feira por causa de uma avalanche nos Alpes Austríacos, onde treinavam.  Ronnie Berlack, 20 anos, e Bryce Astle, 19, estavam entre um grupo de seis atletas numa geleira nas proximidades de Soelden, local que abriga o Mundial de Esqui Alpino, mas os outros conseguiram escapar da neve.

“Ronnie e Bryce eram óptimos esquiadores e apaixonados pelo desporto, tanto na pista de corrida como na montanha. Os nossos corações estão com as famílias. Ambos amavam o que faziam e transmitiam isso aos que lhes estavam próximos”, declarou Tiger Shaw, CEO da Federação Americana de Esqui e Snowboard.

Ambos eram promessas no desporto. Ronnie Berlack já era membro da equipa de desenvolvimento da selecção de esqui norte-americana e Bryce Astle foi convidado esta época para participar na viagem de desenvolvimento. Os dois desfrutavam da experiência europeia para em seguida disputarem o Campeonato do Mundo.

"Dois grandes jovens, grandes atletas e bons esquiadores. Eram divertidos. Estamos todos em estado de choque. É uma tragédia”, disse o director Patrick Riml.


SZCZESNY
Multado por fumar no balneário

No primeiro dia do ano, o Arsenal perdeu fora de casa por 2-0 com o Southampton. O guarda-redes polaco Szczesny esteve pouco inspirado. Para relaxar após a partida, teve uma péssima ideia: fumar no balneário. Um dos funcionários do clube filmou-o e apresentou as imagens à direcção. O polaco foi multado pelo clube em 20 mil libras, noticiou o jornal inglês “Daily Mirror”. Szczesny já ficara de fora no jogo da Taça da Inglaterra no meio de semana, mas todos achavam que o intuito era apenas dar ritmo de jogo ao colombiano Ospina numa partida de menor relevância. Pela falta de disciplina, o polaco deve continuar no banco.