Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Ronaldo de férias

16 de Junho, 2015

Carvalho e Bernardo Silva, que vão juntar-se à equipa de sub-21 que vai disputar o Europeu da categoria e Danny, devido a problemas físicos.

Fotografia: AFP

A selecção portuguesa de futebol defronta hoje a Itália, num particular que se realiza em Genebra  e que Fernando Santos dever aproveitar para algumas experiências, Cristiano Ronaldo é baixa certa. O capitão da formação das “quinas” marcou três golos e foi determinante no último sábado no triunfo sobre a Arménia, por 3-2, que deixou Portugal com um “pé” na fase final do Euro2016, que vai decorrer em França.

Após o encontro em Erevan, e numa altura em que a grande maioria dos jogadores estão em período de férias, Ronaldo foi dispensado pelo seleccionador, assim como William Carvalho e Bernardo Silva, que vão juntar-se à equipa de sub-21 que vai disputar o Europeu da categoria  e Danny, devido a problemas físicos.

MORTE DE ZITO
Brasil perde lenda

O antigo futebolista brasileiro Zito, campeão mundial em 1958 e 1962, morreu no domingo, aos 82 anos, anunciou esta segunda-feira o Santos, clube no qual alinhou durante 15 anos.O Santos não precisou a causa da morte, mas Zito sofreu no ano passado um acidente vascular cerebral, na sequência do qual esteve hospitalizado mais de um mês.

O médio Zito disputou três Mundiais de futebol (1958, 1962 e 1966) venceu os dois primeiros.No Mundial de 1962, no Chile, Zito apontou um dos três golos do Brasil na final com a extinta Checoslováquia (3-1).Ao serviço do Santos, enquanto jogador conquistou a Taça dos Libertadores da América em 1962 e 1963,  desempenhou depois um papel importante nas camadas jovens.José Ely de Miranda, Zito, ficou também conhecido por ter descoberto futebolistas como Neymar, Robinho e Diego.

CROÁCIA
Presidente quer punição
por cruz suástica no campo

O encontro entre Croácia e Itália, que terminou com um empate a uma bola, contou com um motivo de grande polémica. No relvado do Poljud, em Split, surgiu desenhada uma cruz suástica, símbolo do nazismo. A presidente da república croata, Kolinda Grabar-Kitarovic, já emitiu um comunicado a condenar o acto: “Este acto prejudicou imenso a reputação dos croatas, assim como o próprio país além fronteiras.

Por isso, temos de colocar um ponto final nestas coisas. Condeno de forma severa a suástica desenhada no relvado. Exijo uma investigação urgente e uma resposta decisiva por parte das instituições para o encontro e processar os autores deste acto”. A partida foi disputada à porta fechada devido a cânticos racistas dos adeptos croatas.