Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Rssia apresenta queixa

20 de Fevereiro, 2015

Sergei Bakulin (primeiro a contar da esquerda) foi um dos atletas que foi apanhado nas malhas do doping em Janeiro do ano em curso

Fotografia: AFP

A Federação Russa de Atletismo apresentou na última quarta-feira uma queixa judicial contra a estação pública alemã de televisão ARD e a reportagem emitida em Dezembro sobre uma rede de doping e corrupção na Rússia.

"Apresentámos uma queixa judicial exigindo que eles (ARD) retirem as falsas acusações que mancham a reputação da Federação Russa de Atletismo", disse o advogado do organismo, Artem Patsen, à agência Ria Novosti.

A queixa visa em particular o realizador da reportagem, Hans-Joachim "Hajo" Seppelt, o Conselho de Redacção da ARD e os atletas e treinadores que denunciaram "a rede de doping generalizada" no desporto russo.

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) e a Agência Mundial Antidoping (AMA) já abriram um inquérito em larga escala para investigar as denúncias da reportagem que, associada aos casos de doping mais recentes, levaram o presidente da federação russa de atletismo, Valentin Balakhnichev, a demitir-se na última terça-feira.

O responsável da IAAF na luta contra o doping, Thomas Capdevielle, especificou que a federação pretende iniciar os processos em relação aos primeiros atletas "nos próximos dois ou três meses".  Thomas Capdevielle esclareceu que a IAAF poderá recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) de algumas sanções ordenadas pela Federação Russa de Atletismo. O organismo já abriu um processo em relação a Viktor Chegin, treinador responsável pelo centro de marcha em Saransk e que treinou mais de 20 atletas envolvidos nos últimos anos em casos de doping.

No âmbito do escândalo, os marchadores Sergey Kirdyapkin e Olga Kaniskina, ambos campeões olímpicos, e Sergei Bakulin, campeão mundial, foram suspensos em Janeiro pela federação russa de atletismo e todos eles foram treinados por Chegin.


Pela terceira vez
André Villas-Boas vai ser pai

O treinador do Zenit, André Villas-Boas, vai ser pai pela terceira vez, de um menino, fruto do relacionamento com Joana Villas-Boas. Casados há 11 anos, o casal encontra-se radiante por voltar a receber a visita da cegonha... Aliás, em Novembro passado, na antestreia do musical “Branca de Neve no gelo”, a designer já tinha revelado a vontade de aumentar a família, sem dar a entender que esse desejo já era uma realidade. O técnico encontra-se pelo segundo ano a viver na Rússia, depois de ter estado em Inglaterra, onde orientou o Tottenham. Antes já tinha passado pelo FC Porto.