Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Traio no Chelsea

23 de Novembro, 2014

Tringulo amoroso continua a pintar as cores da equipa de Stamford Bridge liderada tecnicamente pelo portugus Jos Mourinho

Fotografia: AFP

Ser casado ou manter uma relação de namoro pode ser um "mau agoiro" para um jogador do Chelsea. A lealdade tem passado longe dos lados de Stamford Bridge. Depois de John Terry envolver-se com a mulher de Wayne Bridge, e Ashley Cole trair a sua esposa antes de um jogo da equipa azul, em 2010, agora foi a vez de dois belgas protagonizarem mais um caso de infidelidade no líder do Campeonato Inglês.

Em entrevista ao Jornal Daily Mail, Caroline Lijnen, ex-namorada do meio-campista Kevin De Bruyne, admitiu que teve um caso com o guarda-redes Thibaut Courtois, enquanto mantinha relacionamento sério com o jovem de 23 anos. De Bruyne joga actualmente no Wolfsburg, da Alemanha, porém, pertencia ao Chelsea até o meio do ano passado. Courtois actuava no Atlético de Madrid por empréstimo e só se transferiu ao Chlesea no último verão europeu.
A namorada de De Bruyne, Caroline Lijnen, começou a envolver-se com Courtois em 2013. Conheceram-se durante a viagem da moça a Madrid. Ela revelou que o guarda-redes a convidou para jantar e deu-lhe um tratamento especial. "Naquela noite, Thibaut ofereceu-me o que não tinha recebido durante um relacionamento de três anos com Kevin. Com Thibaut, poderia falar sobre tudo e qualquer coisa; até preparou-me uma refeição deliciosa. Kevin nunca fez isso por mim”, acrescentou.

Caroline não hesitou em ter um caso com o guarda-redes e tem pouco remorso. De Bruyne teria traído antes com a melhor amiga da Caroline. “Kevin já havia me traído. Não disse nada por meses, porque não podia. Os pais de Kevin afirmaram que tomariam medidas legais se desse a minha versão dos factos. Estava sob pressão e não poderia ter contacto com Kevin”, afirmou Caroline.

A revelação da "traição" com a sua melhor amiga ocorreu no verão de 2012. Caroline colocou Kevin a escolha. "Estive pronta para lhe dar outra oportunidade, mas a nossa relação nunca mais foi a mesma depois daquilo”, defendeu-se.

A traição foi descoberta por De Bruyne, mas não foi suficiente para encerrar a amizade dos dois jogadores. “Não negamos que houve problemas particulares entre Thibaut Courtois e Kevin De Bruyne. Kevin ficou arrasado, quando soube da notícia. Ambos confirmaram e o caso está encerrado. Pararam de lutar e hoje estão mais amigos do que nunca", disse Stefan van Loock, assessor de imprensa do jogador.


JAQUELINE
Voleibolista sacrifica marido e filho por sonho

Chegar aos Jogos Olímpicos não é sorte para muitas atletas. As que podem, às vezes, são obrigadas a sacrifícios. É o acontece com a voleibolista Jaqueline. Um dos ícones da selecção brasileiras, a atleta vai abrir mão a marido e filho para jogar no Rio'2016. A família vai ser sacrificada durante algumas semanas para manter o sonho acordado. A voleibolista assinou um contrato com uma equipa do Estado de Belo Horizonte para jogar na Superliga, a porta para chegar aos Jogos Olímpicos. As lágrimas derramadas em Outubro, com o término do Mundial, foram substituídas pelo sorriso. A atleta revelou que vai dividir as duas cidades brasileiras com voos para manter a vida conjugal. O marido defende a equipa Sesi, em São Paulo, onde a família mantém a residência.  "Foi um consenso que não poderia parar de jogar, pois estou na melhor fase, preciso aproveitar esse momento. O meu marido deu-me mais força, se não seria difícil. Estava de acordo", disse Jaqueline