Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Tumba Silva em perigo

07 de Setembro, 2012

O pugilista angolano foi acusado de atitudes arrogantes na preparao para os Jogos em Londres

Fotografia: Jornal dos Desportos

O futuro do pugilista Tumba Silva que nos Jogos Olímpicos de Londres protagonizou uma cena caricata ao ser desqualificado porque não compareceu à pesagem oficial está indefinido. O atleta está a ser alvo de um inquérito movido pela Federação Angolana da modalidade que, pelos vistos, não quer ser conivente com uma situação que, a todos os títulos, manchou o prestígio do país junto das instituições internacionais ligadas ao boxe. Neste momento, e com o inquérito em curso, aventa-se a hipótese de Tumba Silva nunca mais fazer parte das seleccões nacionais, pois esta é uma das medidas estipuladas no regulamento da Federação.

O pugilista, que não teve qualificação directa aos Jogos de Londres, e que esteve na capital inglesa por convite da organização do torneio de boxe dos Jogos, teve na fase de preparação problemas com a organização de uma prova suportada pela Associação Internacional de boxe (Aiba), por alegada arrogância e outras más atitudes, factos que podem agravar a sua situação internamente. O seu treinador também está a ser alvo de um inquérito e em caso de se reconhecer a sua culpa na situação vivida por ver rompido o seu vínculo contratual com a Faboxe.

O Ministério da Juventude e Desportos fez questão de exigir que se tirasse as coisas a limpo logo após o sucedido, enquanto o chefe da Missão Olímpica António Monteiro revelou em recente entrevista que conversou com o atleta junto aos escritórios de Angola na Vila Olímpica, quando a menos de três minutos a pé decorria a pesagem oficial para o seu combate.


Filantropia

Guardiola dedica-se à causas solidárias


A cumprir um ano sabático, Pep Guardiola aproveita agora para dar azo à sua faceta solidária. O ex-treinador do Barcelona tornou-se num dos embaixadores da OKADAÏ, uma marca de moda que angaria fundos para a investigação contra o cancro. Sempre que alguém compra uma t-shirt da OKADAÏ, pode escolher que projecto apoiar e o antigo treinador do Barcelona escolheu apadrinhar a investigação do cancro infantil. Pelo menos nos próximos 12 meses, o catalão vai viver em Nova Iorque com a família. E já se está a habituar à vida na “grande maçã”, tendo sido uma das presenças nas bancadas do US Open de ténis.


»BREVES

Victoria Azarenka

Diversão com Red Foo


Ser a número 1 mundial do ténis tem os seus benefícios e um deles é atrair muitos fãs. Alguns deles famosos. Victoria Azarenka é uma das favoritas a vencer o US Open e tem contado com o apoio de Red Foo, uma das metades do grupo LMFAO. Presença assídua nas bancadas do torneio, o cantor e a tenista criaram uma bela amizade durante o torneio, que passou para lá dos “courts”. “Diverti-me muito ao jantar ontem à noite e vejam quem se juntou a nós????!! Red Foo! Ele é muito porreiro e adora ténis feminino!”, escreveu a bielorrussa no Facebook, onde postou uma foto com o artista norte-americano num restaurante nova-iorquino.


Miss Playboy TV
Liliana Queiroz confessa simpatia pelo Sporting


Em 2005 ficou conhecida por ter sido eleita Miss Playboy TV, mas há algum tempo que estava afastada da ribalta. Agora Liliana Queiroz, de 25 anos, volta às produções e mostra que quem sabe nunca esquece. A manequim, sportinguista confessa, é capa da “Hot Magazine” e revela à publicação “online” que ficou surpreendida com “a qualidade de Sá Pinto como treinador”, ao mesmo tempo que diz ter ficado triste com a “venda” de Matías Fernandez: “Era fundamental para a equipa e ainda por cima o valor foi baixo. Seja como for, sou sempre Sporting e tenho grandes expectativas para esta temporada.” E para que a época seja mais risonha para os leões, Liliana Queiroz conta com Wolfswinkel e Capel, dois dos seus jogadores preferidos.

Ciclismo
Atleta vai à casa de banho
e perde partida da corrida


O ciclista brasileiro João Alberto Schwindt perdeu a largada da prova de contra-relógio C5 dos Jogos Paralímpicos, realizada na manhã de quarta-feira, em Londres, por ter ido à casa de banho. Em entrevista ao Sportv, o atleta paralímpico admitiu que pensava que ainda tinha tempo para ir à casa de banho antes de competir. “No momento em que eu estava ali, à espera da minha vez, estava a controlar a hora no meu relógio e deu-me vontade de ir à casa de banho. Quando regressei, no meu relógio ainda tinha uns quatro minutos para a minha largada”, contou. João Alberto Schwindt percebeu o que tinha acontecido e, depois de conseguir largar, terminou a prova na nona posição, duas posições atrás do compatriota Soelito Gohr. “Quando cheguei, vi que o ciclista que largava depois de mim estava pronto para largar. Foi neste momento que falei: ‘ixi’, já foi a minha largada. Aí foi correria. Larguei com segundos de atraso e complicou a minha prova”, disse o brasileiro.


James Harden admira Messi
O jogador da NBA, James Harden, revelou que gosta de futebol e que o seu futebolista preferido é o argentino Leonel Messi. James Harden, basquetebolista dos Oklahoma Thunder, considerado o sexto melhor jogador da NBA em 2012, admitiu que é fã de futebol. “Sim, gosto de futebol. Sigo o Barcelona, o Manchester United e muitas outras equipas.


Rim termina prova com dificuldades para nadar
Um atleta norte-coreano, Rim Ju-Song, que aprendeu a nadar este ano, terminou em último a prova de eliminatória dos 50 metros livres S6 da última terça-feira, nos Jogos Paralímpicos de Londres. Rim Ju-Song fez o tempo de 17s89. O Presidente do Comité Paralímpico Internacional da Coreia do Norte, Kim Mun-chol, estava a assistir à prova de natação em que Rim JU-Song competiu e apesar do fracasso felicitou o desempenho.