Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Uma dupla de sucesso

07 de Maio, 2013

Higino Carneiro dialoga com Rui Campos no final do jogo em Calulo

Fotografia: Jornal dos Desportos

As palavras de regozijo do treinador do Recreativo de Libolo, Henrique Calisto, no final de jogo que ditou o apuramento da equipa do Calulo à fase de grupos da Liga de Clubes Campeões de África, justificam os objectivos traçados pela direcção liderada por Rui Campos.
A liderança libolense defendeu, em 2011, no final do jogo que ditou o primeiro título de campeão do Girabola, que o objectivo principal era tornar o clube numa das melhores agremiações do continente. Para a concretização do desiderato, mais de quatro milhões de dólares, um aeroporto e uma aeronave, estavam preparados para levar as cores laranja de Libolo para qualquer parte de África.
Dois anos depois, a mesma dupla voltou a ser fotografada sorridente no mesmo campo que agora testemunhou a passagem à fase de grupos da Liga de Campeões Africanos. Ciente da responsabilidade, a direcção libolense começou a colocar a estratégia de participação ainda dentro do relvado. Em conversa solta, os responsáveis pelo sucesso de Libolo traçaram o esqueleto que se estendeu à recuperação no Girabola 2013, onde a equipa ocupa a última posição. Em ambiente efervescente, Rui Campo distribuiu no relvado abraços aos atletas, membros da equipa técnica e recebeu de outros dirigentes e adeptos abraços e felicitações pela qualificação à fase de grupos da Liga de Clubes Campeões de África. A qualificação de Recreativo de Libolo já mereceu a reacção do presidente da FAF, Pedro Neto. O dirigente máximo do futebol no país anunciou que uma das maiores vantagens é a presença de quatro equipas nacionais na próxima fase qualificativa das competições africanas. O “sacrifício” do Libolo no Girabola beneficiou todos os potenciais clubes angolanos.

CRAQUES DE FUTEBOL
Homenagem às mães

São várias as mensagens de demonstração de carinho e declarações de amor que marcaram o Dia da Mãe, celebrado no domingo. Muitas mães e filhos assinalaram a data nas redes sociais. É o caso de David Luiz que optou por fazer uma montagem fotográfica.
“É a minha amiga, companheira, exemplo, preciosa, inspiração, o meu tudo! Amo-te!”, declarou o craque do Chelsea. Já o jogador do Barcelona, Dani Alves, aproveitou o Instagram para dizer obrigado. “Agradeço a Deus por você existir, por ser uma das razões do meu viver (…) Amo-te Dona Maria”, escreveu. Salvio resolveu homenagear a mulher que ama, a mãe do seu filho. “À mãe mais maravilhosa e bonita de todas. Desejo-te um feliz Dia da Mãe, meu amor”, lia-se na legenda da foto em que aparece Magali e o filho de ambos, Valentino. Um dia cheio de amor...

SUSIE WOLFF
Na “Vogue” em Junho


A piloto de testes da Williams, Susie Wolff, desvendou como é a sua vida no mundo da Fórmula 1 à edição inglesa da revista “Vogue”.
A única mulher em pista casou-se com Torger Wolff, um empresário e accionista da Williams no ano de 2011 e a sua vida mudou. Habituada a assistir às várias corridas da equipa do marido, apaixonou-se por este desporto. “Gosto de ser feminina. É a minha maneira de não me conformar com o estereótipo que se és uma condutora não te preocupes com a aparência”, diz a escocesa.
Ela possui uma elegância fantástica, realçada pelo facto de saber que é boa naquilo que faz.

WILFRIED ZAHA
Crime na família Zaha


O irmão mais velho de Wilfried Zaha, que o Manchester United contratou em Janeiro, ao Crystal Palace, é líder de um gang que está ligado a vários crimes violentos ocorridos no Sul de Londres. De acordo com o jornal britânico “Daily Mirror”, Herve, de 24 anos de idade, com a alcunha de Zeltor, integra o grupo “Don't Say Nothing” (DSN), responsável por crimes levados a cabo com armas brancas e de fogo e vários assaltos à mão armada. Herve, ou Zeltor, foi condenado a um ano de prisão com pena suspensa em Junho de 2012, por ter atirado uma laje para dentro de um carro em andamento. Pagou 300 euros de multa. O Manchester United pagou 20 milhões de euros ao Crystal Palace pela contratação de Wilfried Zaha.

DI STEFANO E GINA
La Saeta volta ao altar


A menos de dois meses, Alfredo Di Stefano, ídolo do Real Madrid, vai completar 87 anos de idade. O antigo craque provou que ainda desfruta a alegria de viver ao anunciar os seus planos de se casar com uma costa-riquenha 50 anos mais jovem. Considerado um dos maiores jogadores de futebol da história, o argentino Di Stefano anunciou que se vai casar com Gina González, de 36 anos de idade, nas próximas semanas. E justificou as razões: “porque quero e estou viúvo há oito anos”. “Cada louco com a sua mania”, afirmou, de acordo com a edição do último sábado do jornal El Mundo. “Estou apaixonado e vou casar-me com Gina; tenho 86 anos, mas um coração jovem”, disse. Di Stefano, actual presidente honorário do Real Madrid, teve problemas de saúde nos últimos anos, e hoje em dia é visto em público frequentemente numa cadeira de rodas. Ele disse ter conhecido Gina González, quando ela ajudava na preparação do seu livro e o “senso de humor” dela o conquistou. Indagado sobre o que os seus filhos pensam dos planos de casamento, afirmou: “O que você acha que eles diriam? Podem ser contra, mas isso não é importante para mim. Estou interessado na minha vida e mais nada. E não em causar muitos problemas. Eles virão para cima de mim, mas vou receber com sinceridade. Se alguém quiser perguntar-me, deixe que o faça e eu explico”. Conhecido como “La Saeta Rubia”, os feitos de Di Stefano como jogador ajudaram a tornar o Real Madrid, ao qual ele se uniu em 1953, num dos maiores clubes do mundo. Di Stefano transformou o então limitado clube numa das potências do continente ao levá-lo à conquista de cinco Taças da Europa consecutivas entre 1956 e 1960, marcando golos em todas as finais.