Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Valentino firma compromisso

Silva Cacuti - 08 de Maio, 2012

Valentino Pascoal (ao meio) com Antnio Custdio ( direita) na tomada de posse

Fotografia: Domingos Cadncia

Habituado a assistir aos jogos de andebol e acompanhar as coisas da modalidade, já que sua cara-metade é um dos principais rostos da modalidade, Valentino Pascoal percebeu que pode fazer algo mais do que manter a estabilidade emocional da sua companheira para que as balizas do D’Agosto e da selecção nacional estejam bem guardadas. Aceitou o convite/desafio de António Custódio “Mano” para entrar no elenco que se propõe reestruturar o andebol em Luanda.  O companheiro de Odeth Tavares sabe bem da empreitada que o espera. Valentino Pascoal tomou posse no dia 4 do corrente como vice-presidente para a Administração e Finanças da Associação Provincial de Andebol de Luanda.

Valentino Pascoal esteve sem a sua companheira na tomada de posse, realizada no restaurante Mãe Mena. Fora de Campo sabe que o “reforço” de Mano constituiu outra peça importante do andebol luandense. Para o seu sucesso, vai beber muito da sua companheira, que se sentiu surpresa depois de saber que tinha “entrado” no elenco da APAL. Aliás, Odeth Tavares sabe bem da cumplicidade que se impõe entre cônjuges e só se pode esperar a sua colaboração nesta nova missão de Valentino Pascoal.

A área a si adstrita é fulcral para o sucesso da acção do elenco todo. Valentino vai capitanear a gestão financeira da Associação e caberá a si desenvolver políticas para atrair patrocinadores. Daí que as responsabilidades de Valentino transcendem a vontade de erguer o título. O marido de Odeth Tavares, de forma humilde, confidenciou ao Fora de Campo que vai aprender muito e dar o melhor de si para não defraudar a aposta feita na sua pessoa. Sucessos, Valentino!

NO PARQUE OLÍMPICO
Garrafas d’água são vetadas

Os organizadores dos Jogos de Londres não vão permitir a entrada em instalações olímpicas durante a competição, de espectadores carregando garrafas com água ou qualquer outra bebida. As preocupações de que alguém possa carregar “bombas líquidas” fizeram com que a restrição, similar à exigida em aeroportos britânicos, valesse para todos os recipientes com capacidade de 100 ml ou mais - o que faz com que o público seja obrigado a adquirir produtos com preços inflacionados nos locais de jogos, de acordo com informações do jornal “Daily Mail”. O transporte de quantidades excessivas de comida para dentro das instalações dos Jogos de Londres também vão ser banidas, segundo o veículo. Com isso, os espectadores terão de desembolsar valores como 1,6 libra por uma garrafa d’água, 2,8 libras por um refrigerante, 4,9 libras por uma sandes e 5,9 libras por um cachorro quente - o que significa que um simples lanche pode atingir 10 libras, valor elevado para o bolso de algumas famílias.

NO ESTÁDIO DE DRAGÃO
Festa do FC Porto foi em família

A festa do título de campeão em Portugal reuniu a família. Os jogadores do Porto festejaram no Estádio do Dragão no final do jogo que acabou com uma vitória, por 2-0, frente ao Sporting. O palco, montado no centro do relvado, acolheu todos os craques do plantel, que partilharam o momento com os filhos e com as companheiras, que assistiram do relvado à comemoração. Lucho González foi um dos pais babados dos azuis e brancos e subiu ao palco com os três filhos. João Moutinho não largou a sua bebé Lara. Uma festa de campeões, com direito a muita música e fogo-de-artifício.

PROTESTO
Claque lança bombas

Campeão da segunda divisão alemã em 2005, o Colonia foi despromovido sete anos depois. Sem direito a disputar um play off de salvação. Caiu para a Segundona sem dó nem piedade. Foi demais para a claque da casa aguentar. Quando a goleada diante do Bayern de Munique, por 4-1, se tornou inevitável e as notícias de que o Hertha Berlim vencia o Hoffenheim por 3-1 chegaram, os adeptos protestaram usando bombas de fumo. O árbitro decidiu encerrar a partida mais cedo e os jogadores correram para os balneários. Todos, menos um. Negociado com o Arsenal, Lukas Podolski fazia o seu último jogo pelo clube e ainda ficou no relvado para agradecer aos adeptos. Ou pelo menos tentar.

MAIOR DO MUNDO
McDonald's gera polémica

O maior McDonald’s do mundo, que está a ser construído no Parque Olímpico em Stratford, no leste de Londres, gera polémica. Com o tamanho de meio campo de futebol, a franquia gera controvérsia de acordo com parte da população local. Um cartaz ao lado da loja em construção em Londres faz menção à saúde. O maior McDoland’s do mundo pode atender 1,5 mil pessoas ao mesmo tempo, dez vezes mais do que um restaurante médio da rede no Reino Unido. A maior loja actual é a de Orlando, na Flórida. “Não comeria McDonald’s, prefiro uma opção mais saudável. Mas cada um sabe o que faz”, disse Kate Borbas, gerente de restaurante. Embora achem que a comida servida não seja saudável, o casal Carol e Paul Vanderwalt reconhecem que McDonald’s pode ser uma opção conveniente em certas ocasiões.