Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Velocista morre afogado

30 de Março, 2015

O velocista foi levado pelo mar e o seu corpo foi encontrado quatro horas depois

Fotografia: AFP

A selecção de atletismo do Canadá foi vítima de uma tragédia na última sexta-feira. O velocista Daundre Barnaby morreu afogado enquanto a equipa aproveitava a folga numa praia da ilha de São Cristóvão, nas Caraíbas, onde participava num período de preparação. O velocista de 24 anos nadava com os seus colegas quando foi levado pelo mar. O corpo foi encontrado quatro horas depois do seu desaparecimento, e apesar dos esforços para salvá-lo, ele não resistiu. A federação do Canadá de atletismo divulgou uma nota lamentando o ocorrido.

“É muito triste, uma perda profunda. Daundre era um grande atleta e um ser humano ainda melhor. Enviamos as nossas condolências aos familiares e amigos da equipa. A federação do Canadá faz o que for necessário para dar suporte a todos neste momento”, diz o comunicado oficial, assinado por Rob Guy, chefe da entidade. Barnaby nasceu em Kingston, na Jamaica, mas naturalizou-se canadiano para poder participar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Ele era um dos favoritos para a prova dos 400 m rasos dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em Julho deste ano. “Ele era muito boa pessoa, nós tínhamos 'Paz, amor e união' como lema para a equipa. E ele era uma parte muito importante da nossa selecção e também tinha um grande futuro nos 400 m rasos. Nós esperávamos muito dele para os próximos anos”, lamentou Peter Eriksson, técnico da selecção.