Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Angola vai ter cinco licenciados em educao fsica e esgrima

Joo Francisco, On-line - 06 de Junho, 2013

Domingos Pascoal participou em vrias edies, desportivos

Fotografia: Jos Soares

Fez parte da Comissão Instaladora da Modalidade de Esgrima em Angola (CIEGSLA), fundada a 11 de novembro de 2008, depois de nos últimos anos pertencer a Academia Olímpica angolana (AOA) é agora membro individual do Comité olímpico angolano (COA).

Trata-se de Domingos Pedro Pascoal, 39 anos, que está satisfeito pelo facto de em 2015, o País contar com cinco bolseiros formados na Republica de Cuba, em Educação Física e Desportos, na especialidade de Esgrima.

“No âmbito da formação de quadros, temos o orgulho de pronunciar que vamos estar bem servidos em 2015 quando recebermos 5 bolseiros angolanos com licenciatura em educação física e desportos, na especialidade de esgrima, provenientes da República de Cuba, nomeadamente Luísa Alfredina Gomes Nicolau, Miguel Alexandre Manuel, Pinzi Manuel, Edna Elisa Ernesto Puto e Pedro Francisco Sebastião”, frisou o dirigente sem conseguir esconder a sua satisfação.

Segundo aquele dirigente, este reforço é a injeção de “sangue- novo” à comissão instaladora da modalidade de esgrima em Angola (CIESGLA), fundada a 11 de Novembro de 2008, que realiza várias actividades particularmente na capital do País.

“A escolinha de esgrima do Gamek e o núcleo do Puniv são os pilares da esgrima em Luanda, contamos também com o núcleo do Sumbe( Kwanza - Sul) desde 2011.A Lunda-Sul está numa fase experimental ,  com muitas expectativas contamos  formar um núcleo de forma tímida na província do Namibe,  Kuando Kubango e Uíge.

 Na nova centralidade do Kilamba Kiaxi , vamos começar a divulgar a esgrima por estar provida de muitas escolas com equipamento desportivo, pavilhões  e muita gente entre crianças, adolescentes, jovens e adultos, pelo que vai dar um novo folgo à esgrima”, acrescentou.


TRAJECTÓRIA
Prática começou na Ilha da Juventude em Cuba


Domingos Pascoal é ex-bolseiro angolano da República de Cuba começou a praticar desporto a partir dos programas escolares na Ilha da Juventude.
“ Na Ilha da Juventude, em Cuba, muitos de nós tínhamos a facilidade de praticar vários desportos e, eu não fugi à regra, a praticar, atletismo, beisebol, voleibol, ténis de mesa, futebol, basquetebol, andebol, xadrez e ginástica, quando era mais novo”, revelou.

Apesar de não chegar a ser atleta de alta-competição, em 1987, Domingos Pascoal participou em várias edições e em diferentes torneios de xadrez, voleibol e beisebol, modalidades que faziam sempre parte do quadro dos “jogos da amizade na ilha da juventude até 1991.

“Posteriormente, destaquei-me nas modalidades de basebol e atletismo já na universidade, fui sempre a primeira aposta na estafeta 4x100 do ISCF Nancy Uranga em Pinar del Rio nos Campeonatos provinciais” , sublinhou.

Da sua geração, Domingos Pascoal destaca os integrantes da equipa de futebol nas categorias juniores como: Yaya, Kiaya, Zangulo, Scater, Esquerdinho, Bula, Calig, Maranha,  entre outros nos jogos da amizade na Ilha da Juventude.

” A nossa equipa de futebol era de outra galáxia, mas não podemos esquecer o Francisco Moniz “Kito“ no boxe, ou o Ruca no basquetebol, o Kim no andebol, Garjoss no basquetebol, no atletismo tínhamos, o Juan Torena, o Kauter, no xadrez, no beisebol destacavam-se o Keto, e Elias “Intur“.

 Tinhamos  ainda naquela época, no beisebol  o  Devegaz , o nosso lançador supersônico, Wilson, que  só não foi “catcher“ porque era esquerdinho, Casé, entre muitos outros, também fazia a grande diferença como o pessoal do voleibol com Lilás, Gugu, Antua  (nosso Joel Despagner),Man Kiko. Todos tiveram o seu espaço de exibição nos jogos da amizade na Ilha da Juventude de 1986-1991”, concluiu.

PING-PONG
Desqualificação de Tumba Silva


O que o motiva a candidatar-se para membro do COA?
O gosto pelo olimpismo, em que muito acredito pode dar à sociedade,um alargado conjunto de personalidades com iniciativas de acção muito vivas e determinadas no plano desportivo nacional. Aproveito a oportunidade para agradecer a confiança depositada em mim.

 Quer comentar os pontos fortes do anterior elenco do COA?
A consolidação da gestão administrativa, as diferentes estruturas do COA e a capacidade de superar dificuldades. 

 E, os pontos fracos?  

O caso do pugilista Tumba Silva, que foi desqualificado do torneio de boxe dos Jogos Olímpicos de Londres e a não divulgação de um parecer oficial.

 Angola vai realizar o 41º Campeonato Mundial de Hóquei e Patins entre 20 e 28 de Setembro qual será o seu contributo?

Vou torcer muito como angolano e especialmente como antigo preparador físico do Juventude de Viana na era do Inácio Olim.

 Qual é para si a importância deste evento para Angola?
Julgo ser mais uma oportunidade de apresentar a capacidade de organização, de acolhimento de eventos mundiais, também por outro lado brindar o povo ao proporcionar uma oportunidade ímpar de convivência com estrelas do hóquei mundial, ademais herdar três pavilhões de qualidade, com todas as condições.

Acha que Angola pode vencer o 41º Campeonato Mundial de Hóquei em Patins?
Não, porque existem seleções tradicionalmente mais fortes, sinceramente, podemos afrontar de jogo a jogo mas é possível ficar entre os quatros primeiros classificados.  

POR DENTRO
Nome completo:
Domingos Pedro Pascoal
Filiação : João Domingos Pascoal e Rosa Jose Pedro
Data e local de Nascimento: Aos 19 de Maio de 1974, em Luanda
Estado Civil: solteiro
Filhos: 03
Peso: 72 kg
Altura: 1.75 m
Prato Preferido: Fungi de carne seca
Bebida: água
O que faz nos tempos livres: Ler
Número de Calçado: 42
Clube Preferido: 1º de Agosto
Cidade: Luanda
País: Angola
Perfume: La Nuit del`Homme da Yves Saint Laurent
Religião: Católico
Ídolo: Michael Jordan
Alguma vez mentiu: sim
Sonho/desejo: ir à lua