Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Angolano no Brasil sonha jogar pelos Palancas Negras

Hermínio Fontes - 21 de Outubro, 2012

José Francisco João, conhecido por Larito

Fotografia: Jornal dos Desportos

Jornal dos Desportos - A Selecção Nacional voltou a qualificar-se para o CAN da África do Sul. Que informação tem sobre o actual momento dos Palancas Negras?
Larito: Tenho acompanhado através da imprensa e por alguns amigos que também são jogadores, por coincidência todos da Selecção Nacional de Angola, como Mateus Galiano, Dany Massunguna, Manucho e outros, cujos nesta altura não me ocorrem. Temos trocado impressões e eles têm-me posto ao corrente do ambiente nos Palancas Negras.

Após a qualificação, acredita que há possibilidades de fazer parte do grupo que vai disputar a fase final?

É prematuro dizer que sim, apesar de ser um sonho de qualquer atleta, continuo a aguardar por essa oportunidade. Aliás, não depende apenas de mim, mas sim do seleccionador nacional.

Já manifestou esse interesse e disponibilidade aos responsáveis do Departamento das Selecções Nacionais?

Ainda não tive a oportunidade de falar com os responsáveis dessa área, mas acredito que quando tiver vou fazê-lo. Estou convicto que os olheiros da selecção estão atentos a todos os jogadores que actuam no exterior.

Tem abordado esse assunto com o seu empresário e os dirigentes do seu clube?

Sim. Temos falado muito a respeito do meu futuro, principalmente quando se trata da selecção angolana, porque era uma oportunidade para mostrar o meu valor e catapultar-me para uma equipa de maior projecção, já que o meu objectivo é jogar na Europa.

As garantias que tem recebido são animadoras, ou não tem havido feed back das entidades de Luanda?

Estamos a criar corredores para que isto se efective de facto. Enquanto aguardo por uma oportunidade, continuo a dar o meu melhor na minha equipa.

Quais são os teus maiores desafios do momento como atleta?
Um dos meus grandes desafios é continuar a trabalhar e crescer mais como futebolista, para um dia merecer a confiança do seleccionador nacional e representar a selecção do meu país com dignidade e espírito nacionalista.


CONFIANTE

Larito acredita
em dias melhores


Tem acompanhado o desenvolvimento do futebol angolano dos últimos anos?
Sim, o futebol angolano evoluiu bastante e deixa todos que estão no exterior orgulhoso pelos resultados que temos obtido e acredito que vamos crescer muito mais

Se tivesse de regressar hoje a Angola, que equipa gostava de representar?
(Risos…) Gostava de jogar num dos grandes do Girabola, o 1º de Agosto, Interclube ou o Petro de Luanda, apesar de existirem ainda outras equipas de topo, mas a prioridade seriam para aquelas que citei, muito embora existam outras de destaque.

Para quem joga no terceiro escalão do Brasil acha que estas equipas podiam estar interessadas nos seus préstimos, ou está a colocar a fasquia alta demais?
Acho que não, porque é ambição de qualquer atleta representar os melhores clubes, e eu não sou excepção. O meu objectivo é jogar nas melhores equipas.

Antes de ir para o Brasil, quais foram os clubes que representou em Angola?

Fui formado na Escola dos Cordeirinhos FC do Cazenga, uma das melhores de África. Foi lá que aprendi o abc do futebol e contribuiu para que fosse o atleta que sou hoje. Para lá das superações técnica e táctica que sempre fiz nos vários clubes angolanos. Quanto ao Brasil, estou apenas a dar continuidade à minha formação, que me está a valer muito. É uma grande experiência profissional.

“A minha aposta
é jogar numa
equipa europeia”


Que avaliação faz da sua prestação no Condor do Rio de Janeiro, uma equipa da III Divisão?

A minha prestação tem sido positiva. Sou titular absoluto e capitão da equipa. Ainda assim, continuo a trabalhar com muito empenho e humildade, espero crescer e evoluir muito mais. Sou o médio volante da minha equipa, com a função e responsabilidade de organizar as jogadas de ataque e manter a ordem no sector mais recuado.

Algum clube de escalão superior no Brasil já manifestou a intenção de o contactar?
 
Até ao momento não tenho conhecimento do interesse de qualquer equipa, mas se acontecer estou disponível, aliás, no Condor FC, a palavra de ordem é ensinar para aprendermos e evoluirmos no escalão superior.


PERFIL

Nome: José Francisco
João “Larito”
Data de nascimento:
29 de Outubro de 1988
Província: Luanda
Estado civil: Solteiro
Filhos: 1
Altura: 1,85
Calçado: 45
Cor preferida: Branco
Prato preferido:
Funge com carne seca
e feijão de óleo de palma
Bebida: Sumo de manga
Tempos livres: Leio a Bíblia
Perfume: 212
Conselho: Aos jovens
sonhadores independentemente do talento de cada um, saibam que a dedicação e sacrifico é a chave do sucesso