Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Aprendi sempre a ter humildade

Sardinha Teixeira - 17 de Dezembro, 2011

Accio Jos Domingos afirma que a sua vida o basquetebol

Fotografia: Jos Soares

Quem é Acacio José Domingos?
Nasci e cresci em Luanda. Numa época de grande tradição do basquetebol na capital que formou algum dos melhores jogadores de todos os tempos, como Jean-Jacques, Zé Carlos Guimaraes, Gustavo da Conceição e outros.

Como nasceu a paixão pelo basquetebol?
A minha paixão pelo basquetebol é inexplicável, acho que nasci com a habilidade que me empurrou para o basquetebol, embora já tenha praticado outros tipos de desportos. Penso que não há uma explicação lógica para ter sido jogador de basquetebol, mas, entre todas as modalidades, é a que mais me marcou.

O que o levou a enveredar pela carreira de treinador?
Até certo ponto da minha carreira como praticante, pude associar a carreira de jogador à de treinador, mas cheguei a um ponto em que tive que fazer uma opção, onde o factor escola falou mais alto e então só me restava seguir a carreira de treinador, pois era na altura a única maneira de continuar ligado à modalidade.

Quando sentiu o “chamamento” para ser treinador?
Comecei a dar os meus primeiros passos de treinador no Embondeiro de Viana, com uma equipa de iniciados. Mas tive algumas oportunidades donde tirei bastantes ilações e lições gratificantes, pois aprendi sempre a ter humildade de aprender e sobretudo a ouvir.

Parar de trabalhar como técnico nem passa pela sua cabeça?
Hoje tenho alegria e, enquanto sinto que estou a prestar um serviço, continuo motivado.

Quem acha que pode o substituir quando parar?
Orgulho-me muito de ter esses pupilos todos. Alguns atletas têm tudo para ser grandes técnicos. Mas gosto muito de todos eles.

Como descreve o início da época?
Como é evidente, cheio de dificuldades em construir o plantel e pôr a formação a funcionar. Apesar das muitas críticas que façam aos treinadores, da forma mais injusta, só posso estar grato e solidário.

Quais as perspectivas para esta equipa em termos desportivos?
As nossas perspectivas eram sombrias, mas com uma vontade do tamanho do mundo e com o grupo possível, que se predispôs a avançar por amor ao clube e à modalidade, decidimos avançar e, em termos desportivos, de jogo a jogo, tentar dar o nosso melhor, mas tendo consciência das dificuldades reais na formação do plantel. Sabemos que este não é um grupo qualquer, são verdadeiros atletas e com potencial e qualidade, capazes dos maiores sacrifícios. Só me resta conduzir a nau. Iremos até onde nos for possível e, com o apoio de todos, tudo é possível.

Como descreve a situação do Clube Amigos de Viana?
Para quem quiser colaborar, a porta está aberta. Felizmente, as pessoas vão sabendo das dificuldades por que o mesmo passa e temos encontrado solidariedade dos amigos.

Se tivesse de tomar uma decisão para melhorar o basquetebol, qual seria?
Gente com melhor formação intelectual desportiva, mas sobretudo cívica.

Quais são os seus planos para o futuro?
A minha vida é o basquetebol, tenho saudades das quadras. Estou a investir muito em gestão desportiva. O futuro a Deus pertence.

Quais são as dificuldades encontradas neste clube?
Não temos pavilhão próprio, treinamos em pavilhões escolares, não tendo assim a possibilidade e o tempo necessário para poder tirar o maior partido das potencialidades dos jogadores.

Uma mensagem final.
A vitória que vale a pena é a que aumenta a dignidade e reafirma valores profundos. Pisar nos outros para subir, desperta o desejo de vingança.

Por dendro

Nome: Acácio José Domingos
Data de nascimento: 1/6/72
Natural: Malange
Nacionalidade: Angolana
Filhos: Não
Estado civil: Solteiro
Função: Treinador
Clube: Clube Amigos de Viana
Alguma vez mentiu: Sim
Já foi enganado: Sim
Perfume: Suave
Deputado ou ministro, qual dos cargos escolheria: Ministro
Alguma vez foi aliciado? Sim
É ciumento? Não
Virtude: Honestidade.
Maior defeito: Paciente
Desportos que aprecia: Basquetebol
Tem automóvel: Sim
Tem casa própria: Sim
Peso: 80 kg
Altura: 1,91 cm
Calçado: 44
Prato preferido: Miudezas de galinha
Fuma: Não
Bebida: Depende do momento
Filmes: Acção
Música: Semba
Droga: Contra
Melhor país: Angola
Melhor cidade: Malange
Esplanada ou discoteca: Depende da ocasião
Campo/Praia: Praia
Cor: Azul
Religião: Católica
Tempos livres: Leituras, filmes e música