Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

"Estamos preocupados com a morte sbita"

Valdia Kambata - 10 de Junho, 2010

Muitos trabalhadores apresentam sequelas de frum psicolgico

Fotografia: Paulino Damio

O que está a fazer a Federação para a implementação da ginástica laboral e de manutenção?Estamos preocupados com muitas situações, como por exemplo, a morte súbita. Há um elevado número de pessoas com stress e um dos nossos objectivos é levar as pessoas a praticarem exercícios de modo a usufruir uma vida saudável. No programa da Federação Angolana de Ginástica, para o quadriénio 2009/2012, consta o relançamento de ginástica laboral direccionada aos trabalhadores das empresas públicas e privadas. Já estão a trabalhar com as empresas nesse sentido?Nesse momento, estamos a sensibilizar alguns trabalhadores sobre as vantagens resultantes da prática dos exercícios de forma regular para que tenham um maior rendimento a nível laboral, social e académico.Em função desses contactos, já existem pessoas preocupadas com a ginástica de manutenção?Sim.Temos gente preocupada com a manutenção da forma física. Hoje, praticamente em todos os espaços da cidade de Luanda há pessoas a fazerem exercícios físicos.A par disso, também já existe um número considerado de ginásios, o que facilita o desenvolvimento da ginástica de manutenção.A nível das outras províncias, como está a implementação desse projecto?Participam quase todas as províncias do país. Por onde passámos, estamos a implementá-lo. Sempre que realizámos alguns campeonatos, também incentivamos os trabalhadores, bem como as entidades patronais a fazer constar no dia a dia de cada empresa um período destinado à prática sistemática e orientada de exercícios físicos.As empresas interessadas em ter ginástica nos seus locais de trabalho podem contactar-vos?Sim.Temos vários técnicos de Educação Física prontos para ajudar as empresas que desejam aderir a este projecto salutar.A ginástica laboral pode ser um tipo de actividade física que se enquadra dentro da categoria de exercício físico?Toda a actividade física planeada, estruturada e repetitiva que tem por objectivo a melhoria e a manutenção de um ou mais componentes da aptidão física é exercício físico.Aqui, a aptidão física deve ser entendida como "a capacidade de realizar trabalho muscular de maneira satisfatória".Assim acredita-se que estar apto fisicamente, está relacionado ao indivíduo que desempenha tarefas que envolvam esforços físicos em boas condições de desempenho motor.Os vossos serviços limitam-se às empresas?Não.Temos professores no Largo da Independência todos os dias úteis a partir das 19h00 e também no Largo adjacente ao Porto de Luanda.Estamos preocupados com o perigo que representa às pessoas fazer exercícios sem orientação. No entanto, a Federação Angolana de Ginástica optou por esse método no sentido de dar maior visibilidade à ginástica de manutenção que fazemos no dia a dia. "Há lesionados de forma invisível" Existem lesões por esforços nos locais de trabalho?As lesões por esforços repetitivos são provenientes de diversos factores que podem acometer as mais distintas classes sociais. Há muitas pessoas lesionadas de forma invisível e apresentam queixas nas regiões dos tendões, braços, antebraços e mãos, das quais, a maioria dos casos, os trabalhadores já apresentam sequelas psicológicas dessas lesões.Uma das causas dessa epidemia de doenças osteomusculares é a falta de cumprimento das micro-pausas para a ginástica laboral.A ginástica laboral é muito importante?É um programa implantado nas empresas que consiste em pausas com exercícios programados previamente e levam em consideração as actividades e demandas físicas existentes nos mais diversos sectores. Os exercícios são aplicados no próprio ambiente de trabalho durante o expediente. É também conhecida como ginástica de pausa, ginástica do trabalho, compensatória e actividade física na empresa.A ginástica laboral constitui-se de uma série de exercícios diários, realizados no local de trabalho e durante a jornada, previne lesões ocasionadas pelo trabalho, normaliza as funções corporais e proporciona momentos de descontracção e socialização entre os funcionários.Qualquer empresa pode ter um programa de ginástica? Os programas de ginástica laboral são adequados a qualquer tipo de empresa, desde que seja conhecido o sistema de trabalho, actividades e demandas físicas, conhecimento do grupo, para que os exercícios adoptados sejam os mais adequados à realidade da empresa.A ginástica laboral possibilita, além da melhoria na saúde dos trabalhadores, ganhos em produtividade. Provavelmente, produzirá mais e melhor. Prática regular de ginástica economiza gastos da empresa O que é a ginástica laboral e como surgiu?Oficialmente, temos relatos de que surgiu na Polónia, no ano de 1925, e expandiu-se até ao Japão, onde se desenvolveu.A partir daquele país atingiu vários outros na Europa e também os Estados Unidos da América, onde, em 1970, já haviam cinquenta mil empresas a desenvolver a ginástica laboral.Essa ginástica é baseada, principalmente, em exercícios de alongamento, que são realizados durante o período de trabalho, em que são feitos exercícios de descontracção e relaxamento para se evitarem problemas de coluna e outros problemas decorrentes das funções exercidas durante as horas de trabalho.Que benefícios traz aos funcionários e à empresa?Nessa actividade todos ganham. A empresa economiza, porque diminuem os afastamentos médicos dos funcionários e as substituições do pessoal, pois alguns podem ser aposentados por causa de um problema sério na coluna, por exemplo.E o funcionário, que é a pessoa directamente beneficiada, terá menos stress, menos problemas de escoliose, lordose e tendinite.Quais os benefícios da ginástica laboral à saúde?Melhora os movimentos bloqueados por tensões emocionais,aumenta a amplitude muscular, melhora a coordenação motora, eliminação de toxinas pela melhoria da circulação sanguínea, reduz o sedentarismo, a fadiga mental e física, melhora a concentração e agilidade, prevenção de lesões musculares, motiva para a mudança de estilo de vida com realização de actividade física regular, desenvolve a consciência corporal e melhora o bem-estar físico e mental.Além dos benefícios relatados, outros resultados positivos da ginástica laboral…Aumento da produtividade e os trabalhadores declararam que terminam a jornada menos cansados do que antes de ser adoptada essa medida; compensar as estruturas mais utilizadas durante o trabalho e activar as que não são requeridas, relaxando-as e tonificando-as; ameniza o stress, diminui a ansiedade e a depressão; reduz o sedentarismo e melhora a auto-imagem; relaxa e diminui a tensão; melhora a qualidade do sono; aumenta a flexibilidade, a força, a coordenação, o ritmo, a agilidade e a resistência; fortalece o relacionamento social e trabalho em equipa; reduz os afastamentos do trabalho; reduz a rotatividade ao melhorar a imagem da empresa junto aos funcionários.Existe algum tipo de avaliação periódica para que se possam constatar os resultados das actividades aplicadas?Sim, existe. São aplicados questionários no início do trabalho e num determinado tempo depois são preparadas novas perguntas para que sejam comparadas com as do primeiro interrogatório. E muitos relatam que tinham dores na coluna no final do expediente e, agora, se sentem mais bem dispostos.Quem apresenta mais problemas ocupacionais, as pessoas que trabalham sentadas ou de pé?Ambos os casos. Se ficarmos muito tempo de pé, poderemos ter problemas de circulação de sangue nas pernas, principalmente, as mulheres que têm problemas de varizes. Já quem fica sentado, principalmente, os digitadores, mexe muito com os dedos, ocasionando tendinite, além de varizes e problemas na coluna por causa da postura inadequada no decorrer do trabalho.Mesmo ficando numa posição correcta, se não fizermos uma pausa para nos alongarmos e espreguiçar, o nosso corpo não suportará o desgaste. Pesquisas revelam que para cada 50 minutos trabalhados – com a digitação, por exemplo –, são necessários 10 minutos para relaxar e alongar o corpo, caso contrário, ocorrerão desvios posturais, ou seja, não conseguiremos permanecer por muito tempo numa postura só, nos inclinando ora para a direita, ora para a esquerda, e isso pode causar-nos problemas sérios como uma futura escoliose, por exemplo.Que conselho dá aos funcionários para que pratiquem alguma actividade, quando sentirem necessidade, mas estejam longe de um profissional?Existem muitos exercícios que podem ser realizados sem o acompanhamento de um profissional, inclusive, muitos podem ser feitos sentados, nos quais as pessoas podem espreguiçar-se e alongar-se um pouco. Isso ajuda a diminuir a tensão da musculatura e faz um bem enorme ao organismo. Para que a ginástica laboral dê resultados positivos, precisamos não só ficar na parte prática desse trabalho, porque muitas pessoas ainda não o conhecem. É preciso fazer também um trabalho de conscientização junto aos chefes de departamentos para que todos se envolvam nessa actividade. Só o trabalho do profissional não é suficiente, é preciso também mostrar, com percentuais, o que realmente melhora para a empresa e, principalmente, para o bem-estar do funcionário.