Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Fofana pede tranquilidade massa associativa do ASA

Valdia Kambata - 25 de Agosto, 2013

Atleta garante que o grupo est mais unido e confiante na reviravolta e deseja uma posio que assegure a manuteno

Fotografia: Jornal dos Desportos

Com tradição e prestígio no Girabola, o ASA atravessa o pior momento da sua história na prova. A equipa está em penúltimo lugar, posição que não condiz com a sua dimensão e corre o risco da despromoção.

Apesar da fase menos boa que atravessa, o médio ofensivo do Atlético Sport Aviação, Fofana, disse em entrevista ao Jornal dos Desportos, que está confiante na manutenção da equipa na primeira divisão. 

O atleta regressou esta época ao ASA, proveniente do Benfica de Luanda, promete dar o melhor de si para ajudar a equipa do “aeroporto” a recuperar o espaço na competição, onde é, a par do 1º de Agosto os únicos totalistas.

A crença em melhores dias, deixa o plantel tranquilo e confiante. O médio ofensivo aviador assegurou que a equipa, nesta segunda volta está melhor estruturada e mais coesa.

“ Neste momento temos uma equipa mais forte e mais coesa. Estamos a conhecer-nos melhor em campo o que nos torna mais fortes para invertermos o quadro actual”, salientou.

Face a este crescimento, o atleta acredita na permanência na alta-roda do futebol nacional, apesar de admitir que a prova está bastante competitiva e equilibrada com as 16 equipas em busca do melhor para os seus objectivos.

“Estamos todos muito empenhados para conseguir a permanência. O grupo está a trabalhar com bastante empenho e acreditamos que vamos conseguir sair desta situação, já que estamos todos ligados ao mesmo pensamento. Enquanto houver possibilidades para tal, vamos lutar até ao fim”, destacou. 

A motivação para a equipa trilhar os caminhos da vitória no Girabola rumo à permanência, é das melhores e o médio foi peremptório a sublinhar, que neste momento o grupo está unido e imbuído neste espírito. 

“A palavra de ordem neste momento na equipa é conquistar o maior número de vitórias possíveis. Quer a direcção como a equipa técnica, tudo estão a fazer para conseguirmos atingir os nossos objectivos”, referiu.


REVELAÇÃO
“Grupo acredita
na manutenção”

A saída de alguns jogadores influentes, criou alguns embaraços à equipa técnica, mas o experiente atleta garante existir bons jogadores dentro do plantel, capazes de suprir as vagas deixadas pelos seus colegas.

 “ Saíram realmente bons jogadores mas temos que contar com os presentes e neste momento isto é o que interessa. A entrega e dedicação de todos, dão-nos uma certa garantia e tranquilidade para realizarmos uma boa ponta final da prova”, destacou.

Fofana afirmou que com a entrada de novos atletas, a equipa ganhou maior opção de escolha e isso é bom para inverter o quadro e estabilizar a equipa da turbulência que enfrenta no campeonato nacional.

“Acredito que os jogadores provenientes do estrangeiro vieram dar um outro alento ao grupo e todos unidos vamos trabalhar para atingirmos o propósito que pretendemos, embora longe do planificado”, salientou.


ATÉ AO FIM DA ÉPOCA

Atacante promete mais golos


Embora o regresso à formação do aeroporto tenha acontecido no início da época, Fofana apenas foi inscrito na segunda volta e tem sido um dos atletas fundamentais na recuperação do ASA, para a permanência no Girabola.

Com um golo já apontado, convenceu a equipa técnica e apesar dos 32 anos de idade é um dos atletas que promete dar o melhor de si para os aviadores atingirem a altitude que almejam e efectuarem até ao fim do campeonato um voo tranquilo.

“O ASA é uma casa que eu conheço bem e os treinadores também. Por este motivo, não foi difícil a minha adaptação. Estou aqui para dar a minha contribuição e ajudar o clube a conquistar o maior número de vitórias possíveis para continuarmos no Girabola”, ressaltou o médio aviador.

Fofana deseja terminar a carreira na equipa do aeroporto, não obstante ter contrato apenas até ao final da época, mas espera poder continuar a jogar no clube onde já representou de 2003 a 2007.

“ O meu maior desejo é, continuar a defender o ASA embora tenha assinado até o final da época. Face ao trabalho que está a ser feito, quero continuar a jogar aqui até porque a minha idade já não permite estar a trocar de clubes”, reconheceu.

O atleta acredita na sua condição física e está confiante que pode continuar a jogar por muito mais tempo na alta competição e a marcar golos. 
 
“ Na qualidade de avançado o meu dever é marcar golos. Felizmente nesta época já marquei e quero continuar assim. Se conseguir permanecer aqui a minha intenção é manter a pontaria afinada”, assegurou


CONFIANÇA
“Temos um plantel forte e unido”


Fofana revelou que o plantel do ASA é forte e dotado de muitos bons jogadores, com capacidade para jogar de igual com qualquer equipa no Girabola e manter-se na competição.
“Temos uma boa equipa em que todos se preocupam em cumprir a sua tarefa. O grupo está unido e com vontade de lutar para sair da situação em que nos encontramos, e que não tem nada a ver com o estatuto do ASA”, apontou.

No balneário o clima é de preocupação, como nos revelou o médio ofensivo, um dos atletas mais experientes e que acredita na inversão dos acontecimentos para tomar um novo rumo certo na prova.

“ Nesta altura não estamos bem, por isso vamos lutar para continuar na senda das vitórias e assim criar alguma confiança dentro da equipa. Sei que não é fácil, mas estamos moralizados e com vontade de conseguir o maior número de pontos para sairmos da zona de despromoção”, disse o médio ofensivo.

Quanto a falta de golos, o médio disse que a equipa está a trabalhar para voltar às vitórias, mas infelizmente os resultados por vezes teimam em não acontecer.
 “ Temos feito bons jogos, apenas os golos não têm surgido. O treinador está a realizar um excelente trabalho e as nossas exibições estão aí à vista de todos. Acredito que bons dias vêm e com eles as vitórias” salientou a o médio aviador.