Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Joo Ntyamba abraa novo desafio

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 13 de Novembro, 2011

Joo Ntyamba, empossado na ltima quarta-feira, presidente de direco da Ntyamba Sports Clube

Fotografia: Jornal dos Desportos

Quais são as metas a atingir com a criação da Ntyamba Sports Clube?
A Ntyamba Sports desenhou este projecto para ter um instrumento legal como uma instituição desportiva. Doravante, temos legitimidade para apostar na massificação e fazer parte da família do atletismo e dos clubes grandes já existentes; temos também a missão de contribuir na descoberta, formação desportiva e lançamento de atletas para a província, em especial, e para o país, no geral. Estamos a falar em ter, dentro da nossa modalidade, várias especialidades que foram esquecidas.

Qual é o programa de acção delineado pela Ntyamba Sports?
O Clube Desportivo Ntyamba Sports vai trabalhar de formas a criar mecanismos de incentivo aos adolescentes e à juventude a ganhar o gosto pelo desporto, mediante actividades recreativas e eventos desportivos, juntamente com a promoção da saúde e da cultura. Depois desta etapa, aplicaremos as técnicas necessárias para, a médio e longo prazo, podermos ocupar o nosso lugar no atletismo na província e no país.

O que pretende a Ntyamba Sports com a aposta no atletismo ao mais alto nível?
Queremos dar a nossa humilde contribuição, trabalhando com afinco por uma causa que entendemos ser da responsabilidade de todos os angolanos. O Clube Desportivo Ntyamba Sports está solidário e sensibilizado a trabalhar em prol da massificação do atletismo, na procura de talentos, promoção e formação de atletas. Por isso, temos como objectivos específicos abraçar o projecto “Renascer Atletismo”, sensibilizar as crianças, os adolescentes e a juventude, criar espaços para a prática da modalidade, procurar parceiros e patrocinadores, bem como promover atletas para o nível competitivo e profissional.

Que bases existem para levar avante o projecto?
São muitas. Porém, nada se pode fazer sem patrocínios. Estamos à procura de um patrocinador oficial para sustentar as bases do projecto iniciado, que passam por atingir os objectivos de tornar a Ntyamba Sports num clube de grande dimensão no atletismo nacional. Quando estamos a falar do atletismo nacional, pretendemos preparar atletas em todos os escalões para integrarem nas selecções provinciais e posteriormente as nacionais.

Possuem estruturas para trabalhar, sobretudo uma sede?
Pretendemos ser diferentes em relação àqueles que esperam as coisas acontecer. Estamos a fazer com que as coisas aconteçam. Se esperarmos que haja pistas, recintos que não existem, não estaríamos a fazer a nossa parte. Há pessoas singulares e generosas que nos querem ajudar. O Governo, neste caso, está apostado em ajudar o nosso projecto para trabalharmos dentro do sistema do desporto nacional para amanhã podermos sentir que valeu a pena apostar na Ntyam

O clube surge para apostar exclusivamente na modalidade de atletismo?
Não podemos descorar que surgimos apenas para a massificação da modalidade de atletismo. Neste momento, estamos a pensar no desporto de base, que é o atletismo. Posteriormente, vamos pensar em expandir para outras modalidades individuais. Ambicionamos grandes voos, mas não queremos tropeçar. Entendemos começar pelo atletismo por ser a base da prática de todas as modalidades desportivas, mas há luzes para, dentro desse sistema, buscarmos outras modalidades que podem fazer crescer o clube.

A nível local, é comum falar-se do atletismo apenas na especialidade de fundo e meio fundo. A Ntyamba Sport vem com uma proposta diferente ou vai privilegiar essas especialidades?
O nosso objectivo é fazer um atletismo completo, onde as pessoas podem encontrar especialidades como a velocidade, lançamentos e saltos. Mas precisamos de recintos, espaços e tempo para trabalhar. O atletismo é mais bonito quando é completo, incluindo as corridas, lançamentos e os concursos. Existem pessoas que querem ver isso tornar-se realidade. Por isso, apostamos na Ntyamba Sports Clube, instituição que nos dá garantias neste projecto. Queremos que outras especialidades surjam, como o lançamento de dardo, peso, disco, salto em altura e em comprimento, triplo salto, etc.

Já estão identificados os técnicos que vão trabalhar no projecto de massificação idealizado pela Ntyamba Sports?
Temos uma comissão criadapara o efectivo.Existem técnicos locais e algumas pessoas que se protificaram a ajudar ness sntido. O tempo dirá tudo. Também podemos pensar além-fronteiras, ir buscar especialistas que nos podem direccionar para um atletismo mais competitivo.

Quando veremos a Ntyamba Sports expandida a todas as províncias?
Já começámos a expandir-nos com a implementação do projecto “Renascer Atletismo”. Por onde passamos, com realce para as províncias de Luanda, Huambo, Lunda-Norte, Lunda-Sul e Huíla, há alguns núcleos. Dentro do nosso projecto, estamos a trabalhar com petizes dos 6 aos 16 anos. Durante a formação de talentos, aquelas crianças que acharmos talentosas vão ser direccionadas para o Ntyamba Sports Clube, cuja sede está localizada na cidade do Lubango e com o andar do tempo outras regiões também vão ser abrangidas.

A Ntyamba Sports vai evitar a fuga de atletas huilanos para clubes da capital?
Fuga, não digo, pois acreditamos que o mercado é concorrencial. A Ntyamba Sports vai trabalhar para a captação de valores e tentar praticar uma política de manutenção dos mesmos talentos. De modo algum podemos limitar o seu desenvolvimento, já que os atletas de massificação vão para a alta competição. Não podemos colocar aqui que não saiam da província, pois queremos apoiar atletas para chegarem ao alto rendimento, acompanhando o ciclo olímpico. O nosso grande objectivo é captar valores, desenvolvê-los e tentar mantê-los. A alta competição tem exigências e outra filosofia, que esta agremiação poderá adoptar a médio ou longo prazo. Não podemos colocar limites para que os talentos fiquem retidos. O clube tem como objectivo contribuir para o atletismo nacional e internacional.

>> PERFIL

Considerado ícone do Atletismo Nacional, João Baptista Ntyamba nasceu a 3 Março de 1968, na localidade de Zimbambi-Ngangula, município do Kuvango, província da Huíla. Começou a carreira desportiva no Grupo Desportivo da Huíla, em 1980, e representou também as cores do Inter da Huíla, 1º de Agosto, Benfica de Lisboa, Belenenses de Portugal e depois rumou para a Colômbia. Melhor fundista de Angola de todos os tempos, João NTyamba foi eleito, em 2001, Desportista do Ano pela Rádio 5. Inscreveu o seu nome no Livro dos Recordes do Guiness pelas seis participações consecutivas nos Jogos Olímpicos, de 1988 a 2008. É o único atleta do mundo a lograr tal feito.

Fazem parte do seu palmarés os recordes nacionais dos 800m, 1000m. 1500m, 3000m, 5000m, 10.000m, 21 kms e Maratona. Duas vezes vencedor da São Silvestre de Angola, quatro participações nos Jogos Pan-Africanos, sete Campeonatos do Mundo, quatro Cross Country Internacional, 54 Meeting International e 123 Internacionalizações pela Selecção Nacional. É treinador da Federação Internacional de Atletismo. É coordenador técnico do Clube Desportivo Inter Século XXI, vice-presidente da Federação Angolana de Atletismo, presidente de direcção da Ntyamba Sports Clube e membro honorário do Comité Olímpico Angolano.