Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Mdio trinco da equipa do Palanca d cartas no Provincial de Luanda

Augusto Fernandes - 20 de Maio, 2013

Lus Mendona mdio trinco

Fotografia: Jornal dos Desportos

O médio trinco da equipa de esperança do Kabuscorp, Luís Manuel Mendonça, 21 anos,   mais conhecido por Mendonça no Mundo do futebol que está a disputar o Provincial da categoria é irmão mais novo de Mendonça antigo internacional dos Palancas Negras, actualmente a representar o Santos Futebol Clube.

Companheiro de Nani, Jimy, Kilamu e outros, Mendonça II, começou a jogar futebol muito cedo no seu bairro na estação dos Musseques  por influência do irmão de que é fã confesso desde pequenino.

Por volta de 2003, foi convidado a fazer parte da equipa Spuita, presidida pelo senhor Matreira e treinada por Adil, que actualmente faz parte das camadas jovens do Interclube de Angola.

“Na altura o objectivo do mister Matreira quando me convidou para integrar a equipa Spuita era participar no Provincial dos caçulinhas da bola”, revelou o jogador lembrando-se dos primeiros momentos que começou a fazer o gostinho ao pé.

No Spuita na companhia de Líder, Pomba, Fabrice(já falecido) Dado e Belo, Mendonça,  jogou por uma época na qual ganhou apenas um torneio realizado pelo mister Popei. 

Em 2004, Mendonça, teve de repensar a sua vida futebolística por causa dos estudos,  interrompeu a carreira futebolista para regressar apenas em 2007, fazendo parte do Misto do Complexo Escolar do Cazenga, que na altura disputava o torneio “Coca-Cola”.

Nesse torneio, Mendonça, foi companheiro de Vicente, Milton, Uatará e outros, que conquistaram o terceiro lugar da prova. Naquele evento, num dos jogos  contra o “Vida Sport Clube”, Mendonça, fez uma grande exibição que despertou o interesse do treinador Nelson que o convidou a integrar os juvenis  do Vida Sport.

“Quando cheguei ao “Vida Sport” o treinador era o Mister Baída, e  encontrei o António, Beier, Setinho e muitos outros, isto em 2008”, recordou ainda.  * COM JOÃO FRANCISCO

ASCENÇÃO
Do “Vida Sport” para os Palanquinos

O grande Mendonça II surgiu em 2009, quando já era juniores do “Vida Sport”, sob batuta do Mister Nelson teve então como companheiros Picão, Anderson, Igor, Dadão , entretanto num dos jogos contra o Kabuscorp do Palanca no campo do Rodoviário, voltou a chamar atenção dos “olheiros” de alguns clubes considerados grandes no nosso Futebol.

 “Fiz um grande jogo. O mister Kembwa, técnico do Kabuscorp, na altura não resistiu e pediu para que eu fosse representar o clube do Palanca. Mas, eu não estava interessado em sair do Vida Sport, porque me sentia muito bem lá por isso declinei o convite na primeira oportunidade que tive”, confessou.

Mas o seu desejo de representar uma equipa grande continuava a mexer com Mendonça II o que fez que em 2011, o nossa estrela decidisse mesmo pelo  Kabuscorp. Quando lá chegou disseram-lhe que já não havia testes, mas o mister Didi achou por bem dar-lhe outra oportunidade.
  
“ Depois de ter feito os testes, Mister Didi, achou que eu tinha classe para representar o clube. Mas o mister Kembwa, recordou-se do facto de há dois anos já me ter feito o convite e da minha recusa. Por isso, eu não merecia mais a oportunidade. Felizmente, o mister Didi conseguiu convencer o mister Kembwa e assim fiquei nos juniores do Kabuscorp”, contou.

Depois foram as duas direcções (do Vida Sport e o Kabuscorp) a acertarem o valor da transferência cujo montante não foi do meu conhecimento. No seu primeiro ano com a camisola do Kabuscorp, Mendonça II conquistou o terceiro lugar porque segundo ele: “ A Escola Norberto de Castro nos impediu de chegar mais longe, ou seja atingir a fase do nacional da categoria.”*COM JF

DUPLA CATEGORIA
Experiência  no provincial B


No fim da primeira volta em  2012, o Kabuscorp, estava em 2º lugar do Provincial de Luanda atrás do Santos Futebol Clube com menos um ponto. Dai a direcção do clube decidir que Mendonça II e mais quatro companheiros passassem a treinar com os seniores.

“Passamos a treinar com a equipa sénior durante algum tempo, mais não fomos incluídos no lote dos que foram ao estágio. Felizmente, pouco tempo depois fomos informados que a partir deste ano (2013) haveria o campeonato provincial das equipas B e que nós faríamos parte do referido plantel”, disse esperançoso em poder mostrar as  suas qualidades na categoria superior do futebol angolano.

O Provincial B que já decorre em vários campos de Luanda, é disputado pelo Petro de Luanda, Progresso do Sambizanga, Cimangola e outras e,   serve como “viveiro” das equipas principais.

Por aquilo que vimos, recentemente  no jogo Petro de Luanda-Kabuscorp do Palanca,  no Catetão , onde a vitoria sorriu para os “ putos” de Bento Kangamba por uma bola  a zero( 1-0). Ainda o jogo entre os Polivalentes contra os Palanquinos, no campo do São Paulo, com empate a uma bola( 1-1), podemos dizer, sem medo de errar, que este provincial em termos de qualidade não fica a dever em nada o girabola.

DUPLA CATEGORIA
“Gustavo Ferrin
merece a confiança


Jornal dos desportos: O que pensar ser quando terminar os estudos?

Mendonça: Eu gostaria de ser Psicólogo. Entretanto, neste momento não estou a estudar. Já conclui o ensino médio, mas por dificuldades financeiras não consigo prosseguir com os estudos.


JD: em termos futebolísticos qual é o teu maior sonho?

MD: todo jogador ambicioso quer sempre atingir os pontos mais altos, como por exemplo representar a selecção nacional, os melhores clubes do Pais, ganhar campeonatos, jogar na diaporá…

JD: Acha que Gustavo Ferrin é o homem certo, para dirigir os Palancas Negras?

MD: Se a FAF o contratou é porque o homem merece a confiança dos dirigentes do futebol angolano. Vamos ver o que o tempo nos vai dizer.

POR DENTRO

Nome completo: Luís Manuel Viana Mendonça

Filiação: Manuel Mendonça e de Julieta Sakayo Viana

Naturalidade e data de nascimento: Luanda, aos 01 de Abril de 1992

Estado civil: Solteiro

Altura: 1,70

Peso: 70Kgs

Posição em joga: médio trinco e central

Camisola com que joga habitualmente: Nº 14

Cor preferida: preto e branco

Musica: Kizomba

Prato: Fungi com carne seca

Bebida
: Sumo

Tem namorada: sim

Entre as principais qualidades deste jovem promissor, que tudo indica vai quer seguir
as peugadas do seu irmão mais velho Mendonça, antigo Internacional da selecção de honras de Angola destaca-se a  grande visão de jogo.r: 04
O que mais teme na vida: a morte

Acredita em Deus: sim, porque ele  é o criador de tudo que existe no universo

Religião: Amigo da Verdade da Bíblia

Clube do coração: Kabuscorp do Palanca

Fonte de inspiração: O meu irmão Mendonça

Pais: Canada

Sonho: Compensar a minha família  por tudo que fizeram por mim