Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Petro ameaa processar Sarmento Seke

Paulo Caculo - 26 de Agosto, 2016

A direco do Petro Atltico de Luanda, encabeada por Toms Faria, pode processar judicialmente o clube Porcelana FC e o seu treinador Sarmento Seke

Fotografia: Jornal dos Desportos

No referido documento, assinado pelo presidente de direcção, o Petro esclarece que "o Conselho de Direcção do Atlético Petróleos de Luanda reuniu no dia 23 de Agosto para, entre outros, analisar os factos ocorridos na 22ª jornada do Girabola Zap, que opôs a nossa agremiação ao Porcelana FC do Cazengo". Acrescenta a direcção petrolífera ainda no referido documento, que das várias situações que mereceram atenção do Conselho de Direcção do clube, realce para as declarações proferidas à imprensa pelo treinador do Porcelana FC, no final do jogo, em que Sarmento Seke faz menção ao facto da sua equipa ter jogado bem, mas ainda assim perdido o jogo.

"Como vocês sabem o que se passou, se eu falar à verdade, amanhã vou preso.

 Houve contacto entre o pessoal do Petro e o árbitro, equipa que não precisava deste favor. Acho que não merecíamos este resultado", lê-se, ainda, na referida nota. Sublinha o Petro de Luanda, no mesmo documento, que não pactua com quaisquer tipos de praticas lesivas e ofensivas à verdade desportiva, bem como de aliciamentos ou actos que visam a viciar os resultados desportivos. Em face disso, o Petro considera que as declarações do técnico do Porcelana são "ofensivas e injuriosas ao bom nome da instituição, pondo em causa a integridade e verticalidade de todos os elementos que a compõem", razão pela qual exigem ao Porcelana "a apresentação, no prazo de cinco dias, de provas suficientes e elementos bastante que sustentem a acusação do técnico Sarmento Seke".

"A não apresentação de provas supra, apenas poderá ser sanada mediante declaração pública do técnico e da sua instituição, sob pena de, junto as instituições competentes procedermos a instauração dos respectivos processos judiciais", assegura a direcção petrolífera.

Enquanto isso, no campo desportivo, a equipa titular que o Petro de Luanda vai apresentar no torneio da FESA deve diferir muito daquela utilizada nos últimos jogos do campeonato. Ou seja, se o técnico Beto Bianchi cumprir à risca o "onze" ensaiado na sessão de treinos de ontem, em que ficaram de fora alguns habituais titulares, provavelmente a equipa a ser escolhida para o jogo frente ao 1º de Agosto, amanhã, às 15h00, no estádio dos Coqueiros, trará inúmeras novidades.

Basta dizer que durante o ensaio de ontem, foi visível a entrada no grosso de prováveis titulares de jogadores como Maludi, no centro da defesa, a formar parelha com Etah, bem como dos poucos utilizados Carlinhos e Chara, no meio-campo. Miguel, Mateus e Jiresse podem retomar igualmente o "onze" após alguns jogos afastados das opções iniciais do treinador Beto Bianchi.