Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Pretendo chegar à Liga Espanhola

Augusto Fernandes e João Francisco - 24 de Setembro, 2012

Polivalente Futebol Clube, com dez golos rubricados no Campeonato Provincial de Juvenis de Luanda

Fotografia: Augusto Fernandes

Efraim do Rosário Kadima, 13 anos, conhecido simplesmente por Kadima entre os seus companheiros, é uma grande promessa do futebol angolano. O seu ponto forte passa pelo jogo “um-para-um” e é dono de uma técnica de fazer inveja a qualquer jogador da sua idade. Actualmente, é o melhor marcador da sua equipa, o Polivalente Futebol Clube, com dez golos rubricados no Campeonato Provincial de Juvenis de Luanda. O miúdo começou a jogar futebol aos sete anos idade nos infantis do Futebol Clube de Luanda, onde chegou através do seu irmão mais velho. A vizinhança também acreditava nas suas qualidades e fazia questão que fosse jogar para um clube de verdade. Quando Kadima chegou ao Luanda, o técnico era o mister Bebeto, que tinha Chaka como adjunto. No leque dos jogadores de destaque do clube encontravam-se Vai Sú, Deco, Tirra e Mina.

Depois de três épocas no Luanda, Efraim foi para o 1º de Agosto, através do ti Pele (pai do Bena). Na altura, acabou por ser recebido pelo Mister Lourenço e encontrou como companheiros Ilunga, Nandinho, Coelinho e Cangolo. No clube “militar” ficou apenas uma época porque tinha muitas dificuldades em termos de transporte. Em Fevereiro deste ano, a nossa estrela transfere-se para o Polivalentes Futebol Clube. No clube do Palanca, encontrou Bruno, Vado, Paulo, Belmiro, Gino Itamar, Edi e Gilson, treinados pelo mister Man Colas. “Não foi fácil impor-me porque na minha posição havia um jovem chamado Gindungo, muito habilidoso, com o qual tinha de disputar o lugar, pois eu era ala esquerdo. Mas com o tempo consegui ficar entre os convocados”.

“Só foi possível ocupar a minha verdadeira posição depois da saída do Gindungo por falta de documentos. A partir daí, o Mister Nando adaptou-me a ponta de lança e no Provincial, em 13 jornadas, já marquei nove golos.” Efraim tem, como muitos jovens que fazem “o gostinho ao pé”, o jogador Leonel Messi como ídolo. Em Angola, admira o Dr. Lami, do Kabuscorp do Palanca. Com muita técnica e acima de tudo goleador nato, chuta com os dois pés. Um dos jogos que mais o marcou foi contra o Benfica de Luanda, onde depois da sua equipa estar a perder por dois a zero (2-0) conseguiram o empate (2-2) sendo da sua autoria os dois tentos marcados. “Outro jogo memorável da minha carreira foi a vitória diante do Petro de Luanda por uma bola a zero (1-0) no Catetão. Mais uma vez fui eu quem resolveu o jogo”, recorda.

O Estrela desta semana confessou ao Jornal de Angola que gosta de ver jogar o brasileiro Rivaldo, que apesar da sua idade avançada ainda dá muitas cartas no Campeonato angolano da I divisão. Para ele, o momento mais difícil até agora, na sua curta mas promissora vida de futebolista, foi num jogo contra o 1º de Agosto. “Depois de um companheiro marcar o primeiro golo, ao festejar o momento com um “salto mortal”, caí mal e tive de ser substituído”, contou. Kadima também acompanha de perto o nosso Girabola e acha que o Libolo dificilmente perde este campeonato. “Só com um grande azar eles não chegam ao seu segundo troféu”, afirmou. Segundo ainda Kadima, os dérbis que mais admira são os que opõem o Petro de Luanda ao Kabuscorp. Até porque, “nesses dérbis, as pessoa aprendem muito, pois vê-se uma luta titânica entre as principais figuras do nosso futebol”.

PERFIL

Nome completo: Efraim do Rosário Kadima
Filiação: Emanuel Kadima e de Elizabete Solange
Naturalidade e data de nascimento: Luanda, 21 de Janeiro de 1999
Irmãos: 8
Altura: 1,67m
Peso: 56 kg
Calçado: Nº42
Posição em que joga: Ponta de lança
Camisola com que habitualmente joga: Nº 10
Hobby: Navegar no computador
Filmes: Acção
Prato preferido: Arroz com feijão e frango frito
Música: Kuduro e Rep
Cor: Branco
Carro de sonho: BMW
Homossexualidade: Sou contra
Tem mentido: Às vezes
O que mais teme na vida: Um acidente
Religião: Patmos
Se dependesse de si o que mudava no Mundo: Acabava com os problemas
dos meninos de rua.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Jornal dos Desportos: Em que classe estuda?
Efraim: Na 8ª Classe

JD: O que pretende ser depois de concluir os estudos?
EF: Engenheiro de Petróleos
JD: Está satisfeito com as condições postas à sua disposição?
EF: Sim.
JD: Tem o apoio dos seus pais?
EF: Sim, os meus pais dão-me muito apoio. Eles querem que eu seja um grande jogador.