Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

"Quero voltar a ser campeo nacional"

Joo Francisco - On-line - 28 de Fevereiro, 2013

Antigo campeo nacional de tnis de mesa

Fotografia: Jornal dos Desportos

O antigo campeão nacional de ténis de mesa, Vladimiro Assunção, conhecido como “Mister Cassanga”, 31 anos, embora ainda envolvido na alta competição como praticante, ocupa-se desde Junho de 2012 dos treinos de cadetes no Centro de Alto Rendimento da modalidade, num projecto da Federação Angolana de Ténis de Mesa (FATM), destinado à captação de novos valores para reforçarem as futuras selecções nacionais.Cassanga, um dos atletas mais influentes da equipa principal de ténis de mesa da Anglodente, divide a sua preparação para as competições oficiais programadas em cada temporada com o ensino do ABC da modalidade a petizes dos 7 aos 12 anos, no ginásio adjacente às instalações da FATM, na Cidadela Desportiva, em Luanda. O tenista da Anglodente deu os primeiros passos no “ping-pong”, nas instalações da Rádio Nacional no Lubango (Huíla), passando depois pela Escola do ensino de Base Popular, na mesma cidade, quando tinha 7/8 anos, continuando a praticar a modalidade quando se mudou para a capital do país, por motivos escolares. “No início, cheguei a ficar parado durante algum tempo, porque a Escola Popular fechou as portas à modalidade por não haver bolas de Ténis de Mesa. Retomei a prática quando estive de férias em Luanda, na casa do meu irmão Walter Java, que era também praticante e me levou ao ginásio da escola Nzinga Mbandi, um dos centros da capital a que afluíam a maioria dos tenistas locais”, recorda.De regresso ao Lubango, Cassanga solicita com êxito uma transferência para Luanda para dar continuidade aos estudos e também poder praticar a modalidade em melhores condições, ingressando de início no Team Elite, passando pelo Hotel Mundial e pela Anglodente, onde continua até hoje.Em 1997, quando Cassanga entrou no Team Eliten, encontrou os tenistas José Gaspar e Ramos Hudson, actual técnico dos escalões de formação. No Hotel Mundial, teve como colegas Abel Koque, João Cola e Domingos Manuel. Na Anglodente, juntaram-se-lhe Jeremias da Piedade, Claudino Guedes, entre outros.PALMARÉSTítulos em juniores e senioresEm 1998, depois de vencer o Campeonato Provincial de Luanda, Vladimiro Assunção “Cassanga” sagrou-se campeão nacional individual de juniores pelo Team Elite. No ano seguinte, repetiu o feito na capital do país, já na categoria de seniores, pela mesma equipa. Cassanga voltu a fazer a “dobradinha” em 2002, arrebatando os títulos provincial e nacional individual de seniores já pela Anglodente. Daí em diante, passou a ter mais êxitos em provas por equipas e pares. Depois de ter estado lesionado durante mais de quatro anos, devido a um acidente de motorizada, Cassanga voltou às vitórias em 2010, no Campeonato por equipas e pares pela Anglodente, em que fez dupla com Domingos Manuel. Em 2011, foi finalista vencido no Campeonato Nacional individual disputado em Benguela. Hermenegildo Agnelo, da Universidade Privada de Angola, foi o vencedor da prova.SONHOSer treinador das selecções nacionais Cassanga, que exerce as funções de treinador de iniciados da Escola de Ténis de Luanda desde Junho de 2012, contou à nossa reportagem que aderiu ao projecto da Federação Angolana de Ténis de Mesa (FATM) porque sonha vir a ser um dia treinador das selecções nacionais. “ Já estou a formar atletas e espero que este trabalho me permita fazer parte do projecto que a FATM tem com a China para fazer campeões africanos ou treinar as selecções nacionais”, revelou. Em termos de alta competição, o atleta aspira ainda ganhar mais um Campeonato Nacional de seniores, o que, caso se concretize, lhe dará acesso a uma bolsa de estudos interna no ISPRA, para concluir o curso de Hotelaria e Turismo, que é um dos prémios que a FATM atribui ao campeão da prova, no âmbito de um acordo com aquela instituição.PERGUNTAS  E  RESPOSTAS“Angola pode subir ao pódio no Africano”Jornal dos Desportos – O que acha do trabalho que está a ser realizado na China com tenistas angolanos?Casssama: É um trabalho que vai dar os seus frutos no futuro. A Federação tem uma boa parceria com a CETIC-CONSTRUTION (empresa chinesa que está na origem do patrocínio). Espero mesmo que os nossos atletas consigam cumprir o objectivo da Federação, que é conseguir medalhas nos Campeonatos Africanos de Cadetes e Juniores, que se realizam na Tunísia, na primeira semana de Abril. JD: Quais as reais possibilidades de Angola nessa competição?C:Com a vinda dos atletas que estão a estagiar na China, podemos subir ao pódio em ambos os escalões e categorias. Penso que em femininos também será fácil medalhar. JD: A que tenistas se está a referir?C:Aléssio Peter e Paixão da Silva são os que têm mais possibilidades de medalhar em cadetes. Em juniores, podem fazer o mesmo Elizandro André e Edivânio Neto, até porque os jogadores estrangeiros que detêm os títulos ascenderam à categoria de seniores. Em femininos, teremos como participantes as duas cadetes, Ruth Tavares e Isabel Albino, e em juniores Maria Samalina, que podem ser o nosso orgulho na competição.JD: O que pensa do trabalho da FATM?C:Está-se a fazer um bom trabalho, mas é preciso mais seriedade internamente, no seio dos próprios membros da FATM. Muitos dos miúdos já querem desistir. Se calhar, devia mais incentivos por parte do órgão reitor. Talvez, se déssemos uma merenda e algum material desportivo, podíamos incentivá-los a continuar.JD: Como é que estão constituídas as classes da Escola provincial de Ténis de Mesa?C:Só trabalhamos com iniciados e cadetes, dos07 aos 12 anos, o que não quer dizer que os demais interessados não possam afluir aos treinos. POR DENTRONome completo: Valdemar Assunção Cassanga Local e Data de Nascimento: Lubango (Huíla), aos 24 de Janeiro de 1982Estado Civil: SolteiroNamorada: Sim Filhos: DoisAltura: 1,69mPeso: 70 kgCalçado: 40Cor preferida: AzulPrato preferido: Funji de cabidelaBebida: GasosaTempos livres:Assistir Jogos de Futebol Cidade:LubangoPais:AngolaÍdolo:Ronaldo Fenómeno Religião:Católica