Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Entrevistas

Um diplomata que sabe jogar xadrez

Joo Francisco - 27 de Setembro, 2013

O Embaixador de Portugal em Angola, Joo do Carmo da Cmara

Fotografia: M. Machangomgo

O Embaixador de Portugal em Angola, João do Carmo da Câmara, de 55 anos, aposta na vitória da selecção nacional do seu país no 41.º Campeonato Mundial de Hóquei, cujo pano cai amanhã. O diplomata, que assistiu a todos os jogos do grupo de Portugal e Angola, chegou a ser campeão de natação na categoria de infantis em Lisboa, tendo passado pelo râguebi, modalidade que praticou até aos 24 anos.

“Na minha infância pratiquei natação, tendo chegado a ser campeão de Lisboa de infantis em bruços. Aos 13 anos iniciei-me no râguebi, modalidade que pratiquei federado até aos 24 anos”, disse o diplomata ao Jornal dos Desportos. O embaixador português praticou outras modalidades desportivas nas quais se notabilizou como exímio atleta.

“Simultaneamente as estas modalidades mais físicas, fui praticante de xadrez, uma paixão que me acompanhou ao longo de toda a adolescência e da qual ainda tenho muitas saudades”, acrescentou o embaixador que, com os seus 1,85 metros, passou também pela “bola ao cesto”.

João da Câmara lembrou que, “como todos os jovens portugueses jogou igualmente futebol e na escola praticou andebol, basquetebol, voleibol e ténis de mesa”.


MOMENTOS
“Terminei a minha carreira quando parti o joelho”


O embaixador João da Câmara recordou um dos momentos marcantes da sua vida como desportista, quando um familiar o levou a praticar a modalidade de râguebi. “O momento mais marcante foi aquele em que um primo me levou para o râguebi, que viria a ser a modalidade que mais pratiquei ao longo da minha vida. Como momento negativo lembro quando parti o joelho e acabei por dar por finda a minha carreira desportiva”, confessa. O diplomata recorda que em Portugal a sua geração desportiva era amadora.

“Mesmo no futebol nada era como hoje. Os jogadores profissionais ganhavam ordenados muito modestos e jogavam por amor à camisola. Era um espírito diferente.


MODALIDADE DE ELEIÇÃO

“O râguebi pode
ser jogado por todas
as pessoas”

O râguebi foi a modalidade eleita por João da Câmara, que considera como seus pontos fortes o espírito de equipa e a supremacia do colectivo sobre o individual.

“O râguebi é um desporto muito completo do ponto de vista físico, aliando a velocidade à força, e pode ser jogado por pessoas de todas as compleições físicas, altas, baixas, gordas, magras.”

Para João da Câmara, a profissionalização do râguebi, como de outras modalidades, retirou-lhe algum romantismo e o espírito de desportivismo que lhe estava subjacente.


MUNDIAL DE HÓQUEI
“Angola teve muito azar
com o grupo em que ficou”


Qual é o seu contributo para o 41.º Campeonato Mundial de Hóquei e Patins?


Assisto a todos os jogos que puder.

Qual é, para si, a importância deste evento para Angola?


Vai ser mais uma prova da capacidade de Angola em organizar um grande evento desportivo e só tenho pena que não chegue a mais cidades.

Angola podia ter chegado mais longe no Campeonato?


Angola teve muito azar com o grupo em que ficou. E muito azar também no jogo com o Chile. Tem uma excelente equipa e merecia passar aos quartos-de-final.

Quais são as possibilidades de Angola neste Mundial?


Espero que consiga o melhor lugar possível a partir de agora.

Acha que Angola esteve à altura de responder à organização do Campeonato Mundial?


No que respeita à selecção portuguesa, as condições de alojamento são muito boas.

Quais os ganhos para Angola?


O maior ganho para Angola é em termos de imagem. Imagem da sua capacidade organizativa e imagem do país lá fora. Os integrantes das delegações desportivas que aqui vieram para o mundial vão querer certamente voltar como turistas. Por outro lado, o povo angolano pôde assistir a um desporto de alto nível em directo, o que é sempre um grande privilégio.


POR DENTRO

Nome completo: João do Carmo Ataíde da Câmara
Data e local de nascimento: 2 de Junho de 1958 em Lisboa
Estado civil: Casado
Filhos: Dois
Peso: 100 kg
Altura: 1,85 m
Pratos: Cozido à portuguesa (Portugal) e caldeirada de cabrito (Angola)
Bebida: Água, vinho e cerveja
O que faz nos tempos livres: Gosto de ler, ver televisão, ir à praia e viajar
Número de calçado: 44
Clube: Sporting